Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação Técnico-Econômica da Criação de Tilápia Nilótica (Oreochromis niloticus) no Município de Bananeiras, Estado da Paraíba

DOI: http://dx.doi.org/10.17080/1676-5664/btcc.v9n1p159-167

http://www.periodicos.ufra.edu.br/index.php?journal=tjfas 

downloadpdf

Ana K. S. Lima1, Alda L. L. Amancio2, Richélita R. B. Casali3, Luis M. Santos4 & Maria M. R. M. Rocha2

 

Resumo: Com o objetivo de fazer o levantamento da situação técnico-econômica da criação de tilápia nilótica (Oreochromis niloticus), por criadores do município de Bananeiras, sob o enfoque dos entraves ao desenvolvimento da atividade e os resultados ! nanceiros alcançados pelos piscicultores, foi realizada uma pesquisa de campo com aplicação de questionários em 8 propriedades rurais. As propriedades possuem área variando entre 1,5 a 41 ha. A área ocupada pelos viveiros variou de 0,005 a 5,5 ha. A criação é praticada em regime de monocultivo e o sistema de criação é o intensivo. A densidade de estocagem variou entre 1,6 e 4 peixes/m2 nos viveiros e 175 peixes/m3 nos tanques-rede; o ciclo de produção oscilou de seis a nove meses; e a sobrevivência variou de 50 a 90%. Ao ! nal dos cultivos, obteve-se índices de produtividade de 1.080 a 90.000 kg/ciclo e 8.542 a 21.600 kg/ha/ciclo. O custo total médio de produção variou de R$ 2,02/kg a R$ 3,72/kg. Constatou-se que 25% dos empreendimentos apresentaram margens de lucro inferiores a 15%, enquanto que 62,5% obtiveram margens de lucro estimadas entre 30 e 40%. Os empreendimentos que apresentaram maiores produções, e também menores custos ! xos médios, obtiveram pontos de equilíbrio menores (7,4 a 28%).

Palavras-chave: Análise econômica, análise técnica, piscicultura

 

Abstract: With the objective of to survey the technical and economical situation of nile tilapia creation (Oreochromis niloticus, L.), practiced by creators from Bananeiras municipal district, under focusing obstacles to develop activities and ! nancial results reached by ! sh farmers, it was developed a ! eld research with application of questionnaires in 8 farms. The farms’ area is among 1.5 to 41 hectare. The area used by ! shery varied from 0.005 to 5.5 hectare. The creation is explored in monocultive regime and the system of creation is the intensive system. The density of stocking varied between 1.6 and 4 ! shes/m2 in the ! shery and 175 ! shes/m3 in net tanks. The production cycle varied from six to nine months; and the survival varied from 50 to 90%. At the end of this research, we obtained productivity register of 1080 to 90000 kg/cycle of production and 8542 to 21600 kg/hectare/cycle. The medium total cost of production varied from R$ 2.02/kg to R$ 3.72/ kg. It was veri! ed that 25% of enterprising showed costs under 15% and that 62.5% of enterprising had costs between 30 and 40%. The enterprises that showed higher productions and less medium ! xed costs, obtained less break-even point (7.4 and 28%).

Key words: Economical analysis, ! sh farming, technical analysis

 

1 Banco do Nordeste, Av. Dom Pedro, 435, Centro, Guarabira-PB, CEP: 58200-000, E-mail: katarinasl@bnb.gov.br
2 Departamento de Agropecuária/CCHSA/UFPB, Campus III, CEP: 58220-000, Bananeiras-PB, E-mail: alda@cft.ufpb.br, margarethufpb@gmail.com
3 Departamento de Ciências Sociais Aplicadas/CCHSA/UFPB, E-mail: richelita.mendes@gmail.com
4 Licenciado em Ciências Agrárias, E-mail: luisdelosantos@bol.com.br

 

Literatura Citada

BORGES, A. M. Piscicultura. Brasília: EMATER, 1998. 42 p.

CASACA, J. M.; TOMAZELLI JÚNIOR, O. Planilhas para cálculos de custo de produção de peixes. Florianópolis: EPAGRI, 2001. 38p.

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL DE SANTA CATARINA S.A. – EPAGRI. Aspectos técnicos recomendados para o desenvolvimento sustentável da piscicultura em Santa Catarina. Florianópolis: EPAGRI, 2001. 4p.

HEPHER, B; PRUGININ, Y. Cultivo de peces comerciais. México: Limusa, 1985. 315p.

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS–IBAMA. Estatística da Pesca 2007 Brasil: grandes regiões e unidades da federação. 2007. 151p. Disponível em: <http://www.ibama.gov.br/recursos-pesqueiros/wp-content/les/estatistica_2007.pdf>. Acesso em: 28 set. 2009.

KUBITZA, F. Tilápia: tecnologia e planejamento na produção comercial. Jundiaí: F. Kubtiza, 2000. 285p.

LOVSHIN, L. Tilápias do Nilo. Panorama da aqüicultura, Rio de Janeiro, v.10, n.61, p.39-45, set./out. 2000.

MARTIN, N. B.; SERRA, R.; OLIVEIRA, M. D. M.; ÂNGELO, J. A.; OKAWA, H. Sistema integrado de custos agropecuários – CUSTAGRI. Informações Econômicas, v.28, n.1, p.7-28, 1998.

PROENÇA, C. E. M.; BITTENCOURT, P. R. L. Manual de Piscicultura. Brasília: IBAMA, 1994. 195p.

SAINT-PAUL, U. Potential for aquaculture of south american fresh water  sh: a review. Aquaculture, v.54, p.205-240, 1986. doi

SCORVO FILHO, J. D. Avaliação técnica e econômica das piscigranjas de 3 regiões do estado de São Paulo. Jaboticabal: Universidade Estadual Paulista, Centro de Aquicultura, 1999. 76p. Tese (Doutorado em Aquicultura) – Universidade Estadual Paulista, Centro de Aquicultura, 1999.

SCORVO FILHO, J.D; MARTINS, M.I.E.G.; FRASCÁ-SCORVO, C.MD. Instrumentos para análise da competitividade na piscicultura. In: CYRINO, J.E.P.; URBINATI, E.C.; FRACALOSSI, D.M.; CASTAGNOLLI, N. Tópicos Especiais em Piscicultura de Água Doce Tropical Intensiva, São Paulo: TecArt, 2004. p.517-533.

TESSICINI, A. R. Manuais Práticos da Vida: tilápias é fácil criar. Brasília: Três Ltda, 1992. 32p.

ZIMMERMANN, S.; FITZSIMMONS, K. Tilapicultura intensiva. In: CYRINO, J.E.P.; URBINATI, E.C.; FRACALOSSI, D.M.; CASTAGNOLLI, N. Tópicos Especiais em Piscicultura de Água Doce Tropical Intensiva, São Paulo: Tecart, 2004. p.239-266.