Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Fitossociologia de Comunidade Infestantes em Gramados de Praças Públicas do Município de Monte Alto, SP

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/VII-SIGRA-a20

 

downloadpdf

Eloiza S. S. Vitória1, Igor Malaspina2, Mayara G. Tedesque3, Carla R. X. Costa4 & Suzana T. S. Pereira5

 

Resumo:  Plantas daninhas competem com o gramado para suprir suas necessidades de crescimento, prejudicando a estética do mesmo. O trabalho teve  como objetivo conhecer a comunidade infestante em praças em Monte Alto, SP. Na Praça Prefeito José Pizarro (Paspalum notatum/Parcialmente ensolarada) foram coletadas 14 amostras que correspondendo a 3,50 m² totalizando 150 indivíduos distribuídos em cinco famílias, os maiores números de indivíduo foram nas famílias Fabaceae (Desmodium tortuosum) e a Cyperaceae (Cyperus rotundus).  Na Praça dos 500 anos (Zoysia japonica/ensolarada) foram coletadas 25 amostras totalizando 6,25 m² e ocorreram 440 indivíduos, distribuídos em oito famílias, com o maior número de indivíduos nas famílias Fabaceae (Indigofera hirsuta, Senna obtusifolia,e  Desmodium tortuosum), Asteraceae (Sonchus oleraceus) e Poaceae (Digitaria insularis e  Urochloa decumbens. A espécie Desmodium tortuosum apresentou grande infestação  indiferente das condições de sombreamento e tipo de gramado

Palavras-chave: plantas daninhas, grama

 

1 Professora Doutora, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR. Conexão Aprendiz, Monte Alto, SP, CEP: 15910-000, eloizassvitoria@gmail.com (apresentador do trabalho);
2 Doutorando do Curso de Pós-Graduação em Produção Vegetal Universidade Estadual Paulista - UNESP, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias- FCAJ, Jaboticabal, SP, CEP: 14884-900, igormalaspina@hotmail.com;
3 Graduanda do Curso de Ciências Biológicas, União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo- UNIESP, Faculdade de Taquaritinga- FTGA,Taquaritinga, SP, CEP: 15900-000,
4 Mestranda do Curso de Pós-Graduação em Produção Vegetal - UNESP/FCAJ, Jaboticabal , SP, CEP: 14884-900;carlarafaele.pr@hotmail.com;
5 Mestranda do Curso de Pós-Graduação em Produção Vegetal – UNESP/FCAJ, Jaboticabal, SP, CEP: 14884-900,suzana_tsp@hotmail.com

 

Literatura Citada

BRIGHENTI, A. M. et al. Cadastramento fitossociológicode plantas daninhas na cultura do girassol no Município de Chapadão do Céu, GO. Boletim Informativo Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas, São Paulo, v. 9, n. 1, p. 5-8, 2003.

ERASMO, E. A. L.; PINHEIRO, L. L. A.; COSTA, N. V. Levantamento fitossociológico das comunidades de plantas infestantes em áreas de produção de arroz irrigado cultivado sob diferentes sistemas de manejo. Planta Daninha, Viçosa, v. 22, n. 2, p. 195-201, 2004.

FREITAS et al. Eficiência do triclopyr no controle de plantas daninhas em gramado (Paspalum notatum). Planta Daninha, v.21, n.1, p.159-164, 2003.

KOJOROSKI-SILVA, C. M. et al. Desenvolvimento morfológico das gramas Esmeralda, São Carlos e Tifton 419. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 3, p. 471-477, 2011.

LARA, J. F. R.; MACEDO, J. F.; BRANDÃO, M. Plantas daninhas em pastagens de várzeas no Estado de Minas Gerais. Planta Daninha, v. 21, n. 1, p. 11

LORENZI, H.; SOUZA, H. M. Plantas ornamentais do Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. 3.ed. Nova Odessa: Plantarum, 2001, 558p.

MACIEL, C.D.G; SOUZA, J.I. ; HAMA, J.T. levantamento fitossociológico de plantas daninhas em jardins residenciais com grama esmeralda em Ourinhos – SP. Global Science and Technology, v. 03, n. 02, p.39 – 48, 2010.

MUELLER-DOMBOIS, D.; ELLENBERG, H. Aims and methods of vegetationecology. New York: J. Wiley, 1974. 547 p.

OLIVEIRA, C.A.V.M. Fitossociologia da comunidade infestante de gramados de grama-batatais (Paspalum notatum Flügge) em praças de Jaboticabal, SP.2011. 57 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Estadual Paulista- Jaboticabal, 2011.

OLIVEIRA, A. R.; FREITAS, S.P. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas em áreas de produção de cana-de-açúcar. Planta Daninha, Viçosa-MG, v 26, n 1, p 33-46, 2008.