Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Distribuição Espacial da Compactação do Solo e Índice de Vegetação por Diferença Normalizada em Campo de Futebol

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/VII-SIGRA-a13

 

downloadpdf

Leandro G. Alfonsi1, Leandro J. G. de Godoy2, Luciana M. Tibães3, Andrews S. Latorre4 & Marília de S. Bento5

 

Resumo:  Com o presente trabalho teve-se como objetivo conhecer a distribuição espacial da compactação de um gramado de futebol, por meio da resistência à penetração e o efeito no gramado, por meio do índice de vegetação por diferença normalizada - NDVI (Normalized Difference Vegetation Index), da Taxa de cobertura do Solo (TCS), e da umidade. O experimento foi realizado no mês de abril de 2015, no Clube Esportivo Registro Basebol Clube (RBBC), Registro, SP. Realizou-se análise por meio de 126 , que posteriormente converteu-se em mapas geoestatísticos com a utilização do programa Surfer v.11. A avaliação da TCV e do ICVE foram realizados por meio de análise de imagem digital. A avaliação do NDVI foi feita com o medidor portátil Greenseeker. A avaliação da penetração foi realizado com o penetrômetro digital penetroLOG. O aumento da compactação de solos com gramados o índice de vegetação tem uma redução significativa, tornando o gramado deficiente e com aparência prejudicada, podendo até interferir no rendimento dos jogadores.

Palavras-chave: resistência do solo; grama; futebol

 

1 Graduando do Curso de Agronomia, UNESP, Registro, SP, CEP: 11900-000, alfonsi@registro.unesp.br (apresentador do trabalho);
2 Professor Assistente Doutor, Universidade Estadual Paulista - UNESP, Registro, SP, legodoy@registro.unesp.br
3 Graduanda do Curso de Agronomia UNESP, Registro, SP, luciana.tibaes@registro.unesp.br.
4 Graduando do Curso de Agronomia UNESP, Registro, SP, andrewssl@registro.unesp.br;
5 Graduanda do Curso de Agronomia UNESP, Registro, SP.

 

Literatura Citada

ALI HARIVANDI, M. Turfgrass traffic and compaction: problems and solutions. Berkeley: University of California, Agriculture and Natural Resources, 2002. 6 p.

ASSIS, R. L.; LAZARINI, G. D.; LANCAS, K. P.; CARGNELUTTI FILHO, A. Avaliação da resistência do solo à penetração em diferentes solos com a variação do teor de água. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.29, n.4, p. 558-568. 2009.

BACKES, C. Aplicação e efeito residual do lodo de esgoto em sistemas de produção de tapetes de grama esmeralda. 2008, 152p. Tese (Doutorado em Agronomia/Horticultura) – Faculdade de Ciências Agronômicas, UNESP, Botucatu, SP, 2008.

BEUTLER,A.; CENTURION, J.; SILVA, A. P. Comparação de penetrômetros na avaliação da compactação de Latossolos, Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.27, n.1, p.146-151, 2007.

CAMARGO, O.A.; ALLEONI, L.R.F. Compactação do solo e o desenvolvimento das plantas. Piracicaba: Esalq, 1997. 132p.

COREL Photo Paint X5 v. 15. 0.0.486. Corel Corporation and Corel Corporation Limited, USA. 2010.

FECHINE, J.A.L.; GALVÍNCIO, D.J. Índice de vegetação por diferença normalizada das cidades de Salgueiro, Mirandiba, Carnaubeira da Penha e Floresta – localizadas no Semi-árido Pernambucano. Revista Geografia Acadêmica, v.2 n.3, p.60-6, 2008.

FREDDI, O.S.; CARVALHO, M.P.; VERONESE JUNIOR, V.; CARVALHO, G.J. Produtividade do milho relacionada com a resistência mecânica à penetração do solo sob preparo convencional. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 26, n. 1, p. 113-121, 2006.

GODOY, L.J.G. Adubação nitrogenada para produção de tapetes de grama Santo Agostinho e esmeralda. 2005. 106f. Tese (Doutorado em Agronomia/Agricultura) - Botucatu, Universidade Estadual de São Paulo, SP.

GODOY, L.J.G.; VILLAS BÔAS, R.L.(2003). Nutrição e adubação para gramados. In: SIGRA – Simpósio sobre Gramados. 2003, Botucatu, SP. Produção Implantação e Manutenção: Anais... Botucatu: Departamento de Recursos Naturais, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade estadual Paulista. 2003. CD-ROM.

HILLEL, D. Introduction to soil physics. San Diego: Academic Press, 1982. 264p.

KARCHER, D.E; RICHARDSON, M.D. Quantifying turfgrass color using digital image analysis. Crop Science, v.43, 2003, 943-951 p.

MOLIN, J. P. ; DIAS, C.T.S. ; CARBONERA, L. Estudos com penetrometria: Novos equipamentos e amostragem correta. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 16,n.5, p. 584-590, 2012.

SILVA, V. R.; REICHERT J. M.; REINERT D. J. Variabilidade espacial da resistência do solo à penetração em plantio direto. Ciência Rural, Santa Maria, v. 34, p. 399-406, mar./abr. 2004.

TURFGRASS PRODUCERS INTERNATIONAL Turfgrass – functional, recreational e aesthetic.TurfResource Center, 2002 Disponível em: <http://www.turgrasssod.org/trc/statistics.html>. Acesso em: 23 de agosto de 2002.

WANG, J.; HESKETH, J.D.; WOOLLEY, J.T. Preexisting channels and soybean rooting patterns. Soil Science, Baltimore, v.141, p.432-437, 1986.

USGA GREEN SECTION STAFF. USGA Recommendations for a method of putting green construction. USGA Green Section. Staff , v. 31, n. 2, p. 1-33, 1993.