Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Curso de Pedagogia a Distância da Metodista: Considerações sobre as Pesquisas do GEPEAD

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/978-85-7814-338-1.4

 

downloadpdf 

Norinês P. Bahia1

 

Resumo: Este artigo apresenta os principais resultados de pesquisas que foram desenvolvidas no contexto do GEPEAD – Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação a Distância e que tiveram como foco o Curso de Pedagogia na modalidade a distância da Universidade Metodista de São Paulo, desde a sua implantação, em agosto de 2006 a 2015. Foram realizadas quatro pesquisas que tiveram como sujeitos alunos e egressos do curso: “A implantação das disciplinas semipresenciais e dos cursos de graduação a distância da FACEL/UMESP”; “Formação de professores em cursos a distância: uma inclusão excludente?”; “Curso de pedagogia a distância e representações sociais: sentidos e significados expressos pelos alunos”; “O cotidiano profissional de egressos de um curso de pedagogia a distância” – a última, financiada pelo CNPq/Universal. Os resultados obtidos revelam a interessante trajetória do curso desde a sua implantação, e podemos observar os avanços em relação às representações e percepções de alunos e de egressos, especialmente voltadas às inseguranças, às críticas e ao preconceito que rondaram a modalidade por um bom tempo, bem como em relação à qualidade do curso – sentimentos que foram gradativamente sendo superados, notadamente pela consolidação do curso.

Palavras-chave: formação inicial de professores; curso de pedagogia a distância; egressos da pedagogia

 

1 Pós-doutorado em Educação; docente pesquisadora do PPGE/Metodista; coordenadora do GEPEAD – Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação a Distância desde 2005; coordenadora institucional do PIBID/UMESP desde 2012; foi coordenadora do Curso de Pedagogia EAD/Metodista de 2006 a 2010

  

Dados Catalográficos

Título: Caminhos da Educação a Distância: Uma Década de Democracia, Aprendizagem e Experiência
Organizadora: Adriana B. de Azevedo
Idioma: Português
Ano: 2016
Páginas: 143
ISSN: 978-85-7814-338-1
DOI: http://dx.doi.org/10.15603/978-85-7814-338-1