Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação das Variáveis Fisiológicas de Ovinos Santa Inês Sob Influência do Ambiente Semiárido Piauiense

DOI: http://dx.doi.org/10.14269/2318-1265/jabb.v3n2p69-72

http://www.jabbnet.com/ 

downloadpdf

Ângela L. Silva1, Laylson S. Borges2, Mara L. A. Santana1, Cícero P. Barros Júnior2, Paulo H. A. A. Sousa1, Teobaldo F. Almeida Júnior1, Leonardo A. Farias1 & Severino C. Sousa Júnior1

  

Resumo: Objetivou-se com este estudo avaliar as variáveis fisiológicas de ovinos sob influência do ambiente semiárido piauiense. Utilizou-se dez ovinos machos da raça Santa Inês, com pelagem preta. O estudo foi conduzido no setor de pequenos ruminantes da Universidade Federal do Piauí, Campus Professora Cinobelina Elvas. Foram mensuradas as frequências respiratória e cardíaca, temperatura retal e a taxa de sudação. Na estação meteorológica do campus foram registradas a temperatura e umidade relativa do ar, além do índice de temperatura de globo e umidade. Pode-se observar que houve diferença significativa para todas as variáveis meteorológicas e com os maiores valores para o turno da tarde, exceto para umidade relativa do ar (33,52%). Para as variáveis fisiológicas foi observado efeito significativo para as frequências respiratória e cardíaca e que valores maiores destas variáveis foram encontradas no turno da manhã, sendo 49,50 resp/min e 89,52 batimentos/min, respectivamente. Para a temperatura retal, foi observado efeito significativo, com os maiores valores para o turno da tarde (39,92°C). Pode-se verificar que foi necessário para os animais acionarem suas variáveis fisiológicas para manter seu corpo em zona de termoneutralidade.

Palavras-chave: ambiência, taxa de sudação, temperatura retal, termoneutralidade

 

Abstract: In this study we aimed to evaluate the physiological variables of sheep under the influence of Piauí  semiarid  environment. We used ten Santa Ines rams with black coat. The study was condu cted at the small ruminants sector of the Federal University of Piauí, Campus Professora Cinobelina Elvas. Respiratory and cardiac frequencies, rectal  temperature and sweating rate were measured.  Temperature,  air relative  humidity and globe temperature and humidity index were recorded at the Campus  weather station. There was a significant  difference for all the meteorological variables so that the highest values were observed for the afternoon  shift, except for air relative humidity (33.52%). For physiological  variables significant effect was observed for respiratory and cardiac frequencies and higher values   of these variables were found in the morning shift, with 49,50  breath/min  and 89,52 beats/min, respectively. For rectal temperature, significant effect was observed, with the highest  values for the afternoon shift (39,92°C). We can notice that  the animals needed to activate their physiological variables  to keep their bodies in thermoneutral zone.

Key words: ambience, rectal temperature, sweating rate, thermoneutrality

 

1 Universidade Federal Do Piauí (UFPI), Campus Profª Cinobelina Elvas, Bom Jesus, Piauí, Brasil
2 Universidade Federal Do Piauí (UFPI), Campus Teresina, Teresina, Piauí, Brasil. E-mail: laylson_borges@hotmail.com

 

Literatura Citada

Bezerra WMAX, Souza BB, Sousa WH, Cunha MGG, Benicio TMA (2011) Comportamento fisiológico de diferentes grupos genéticos de ovinos criados no semiárido paraibano. Revista Caatinga 24:130-136.

Cezar MF, Souza BB, Souza WH, Filho ECP, Tavares GP, Medeiros GX (2004) Avaliação de parâmetros fisiológicos de ovinos Dorper, Santa Inês e seus mestiços perante condições climáticas do trópico semiárido nordestino. Ciência e Agrotecnologia 28:614-620. doi

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010) Censo Agropecuário Brasil. SAS Institute, SAS (Statistical Analysis System). User’s Guide. Cary, NC: SAS Institute Inc., 2003. 129p. 

Schleger AV, Turner HG (1965) Sweating rates of cattle in the field and their reaction to diurnal and seasonal changes. Australian Journal Agricultural Research 16:92-106. doi

Silanikove N (2000) Effects of heat stress on welfare of extensively managed domestic ruminants. Livestock Production Science 67:118. doi

Silva AS, Silva TPD, Rocha JS, Brito MA, Alves NM, Pereira AM (2013) Influência do período do ano e horário do dia sobre os parâmetros fisiológicos de ovelhas da raça Santa Inês na microrregião do alto médio Gurgueia. Pubvet 7:1612.

Silva RG (2000) Introdução à Bioclimatologia Animal. São Paulo: Nobel p.286.

Sousa Júnior SC, Morais DEF, Vasconcelos AM, Nery KM, Morais JHG, Guilhermino MM (2008) Características termorreguladoras de caprinos, ovinos e bovinos em diferentes épocas do ano em região semiárida. Revista Científica de Produção Animal 10:127-137.

West JW (2003) Effects of heat stress on production in dairy cattle.  Journal of Dairy Science 86:2131-2144. doi