Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Buscando Compreender o Potencial das Biografias Educativas no Processo de Constituição Profissional de Formadores de Professores de Matemática - Uma Leitura Multirreferencial

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v1n2p137-153

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ML/index 

downloadpdf

Bárbara C. M. Sicardi1

 

Resumo: Este texto configura-se como uma síntese da tese de doutoramento desenvolvida com o objetivo de buscar compreender como o formador de professores de Matemática se constitui e se desenvolve profissionalmente diante dos desafios do trabalho docente e, sobretudo, diante das políticas públicas e institucionais de mudança curricular do curso de licenciatura em Matemática. A pesquisa é de natureza qualitativa e interpretativa e utiliza em sua análise informações obtidas em uma reflexão compartilhada com dois formadores de professores de Matemática, considerando as narrativas educativas como forma de leitura e produção do conhecimento da e sobre a prática docente. Apresenta como resultado o entendimento de que a singularidade e a subjetividade das narrativas possibilitam ao sujeito em formação lembrar e relacionar diferentes dimensões e saberes da aprendizagem profissional.

Palavras-chave: Narrativas formativas, constituição profissional, formador de professores de Matemática, multirreferencialidade, educação matemática

 

Abstract: This text is a synthesis of the PhD thesis developed with the purpose of seeking to understand how the educator of Mathematic teachers is constituted and how he/she grows professionally in face of the teaching challenges, especially in face of the public and institutional policies of curricular change within the course of Mathematics. This research has a qualitative and interpretational nature and in its analysis it uses information obtained in a reflection shared by two educators of Mathematics teachers, considering the educational narratives as a form of reading and knowledge production on and from the teaching practice. Its result brings the understanding that the singularity and subjectivity of narratives enable the developing subject to remember and relate different dimensions and knowledges of the professional learning.

Keywords: Educational narratives – Professional constitution – Educator of Mathematics teachers – Multi-referentiality – Mathematics education.

 

1 Doutora em Educação, Coordenadora do Curso de Matemática e Docente do Centro Universitário Metodista IPA – Porto Alegre, RS

 

Literatura Citada

ARDOINO, J. Multiréferentielle (analyse). In: ARDOINO, J. Le directeur et l’intelligence de l’organization: Repéres et notes de lecture. Ivry: ANDESI, 1995. p. 7-9.

ARDOINO, J. Abordagem multirreferencial (plural) das situações educativas e formativas. In: BARBOSA, J.G. (coord.) Multirreferencialidade nas ciências e na educação. São Carlos: Editora da UFSCar, 1998. p. 24-49.

BARBIER, R. A pesquisa-ação na instituição educativa. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

BARBOSA, J. G. Multirreferencialidade nas ciências e na educação. São Carlos: EdUFSCar, 1998.

CATANI, D. B.; BUENO, B.O.; SOUSA, C.P. de (orgs). Docência, memória e gênero: estudos sobre formação. São Paulo: Escrituras, 1997.

CATANI, D. B.; BUENO, B.O.; SOUSA, C.P. de (orgs). A vida e o ofício dos professores: formação contínua, autobiografia e pesquisa em colaboração. São Paulo: Escrituras, 1998.

CATANI, D. B. A didática como iniciação: uma alternativa no processo de formação de professores. In: CASTRO, A.D. de; CARVALHO, A.M.P. de. Ensinar a ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Pioneira, 2001. p. 53-72.

CATANI, D. B. Lembrar, narrar e escrever: memória e autobiografia em história da educação e em processos de formação. In: BARBOSA, R. L. L. (org.) Formação de Educadores: desafios e perspectivas. São Paulo: Unesp, 2003. p. 119-130.

JOSSO, M.C. Da formação do sujeito... ao sujeito da formação. In: NÓVOA, A. & FINGER, M. O método (auto) biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988.

JOSSO, M.C. Cheniner ver soi. Suíça: L’Age D’Homme, 1991.

JOSSO, M.C. História de vida e projeto: a história de vida a serviço de projetos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 25, n. 2, p. 11-24, jul/dez 1999. https://doi.org/10.1590/S1517-97021999000200002

JOSSO, M.C. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

NÓVOA, A. A formação tem que passar por aqui: as histórias de vida no projeto PROSALUS. In: NÓVOA, A. & FINGER, M. O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988.

NÓVOA, A. (org). Vida de Professores. Porto: Porto Editora, 1992.

NÓVOA, A. (coord.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

NÓVOA, A. Formação de Professores e Trabalho Pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

SOUZA, E. C. de. O conhecimento de si: estágio e narrativas de formação de professores. Rio de Janeiro: DP&A; Salvador: UNEB, 2006.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2003.

ZABALZA, M. A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004.