Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Recriando Paulo Freire na Educação da Infância das Classes Populares

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1043/el.v13n22p259-276

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/EL/index 

downloadpdf

Franciele C. Peloso1 & Ercília M. A. T. Paula2

 

Resumo: Paulo Freire foi um dos educadores brasileiros mais reconhecidos mundialmente, sua obra é extensa e contempla muitas temáticas. Todavia, ao analisar como é estudado e socializado o legado freiriano, é possível perceber que seus pressupostos são, em grande maioria, difundidos nos estudos sobre a Educação de pessoas jovens e adultas. Assim, o objetivo desse estudo é analisar e discutir como os pressupostos freirianos podem ser recriados na Educação da Infância, sendo que historicamente o legado freiriano foi quase que estritamente associado à Educação de pessoas jovens e adultas e pouco mencionado nas práticas pedagógicas e discussões referentes à Educação da Infância. A metodologia utilizada baseia-se numa pesquisa qualitativa, de caráter teórico. A partir da análise de uma das obras de Paulo Freire, “A Educação na Cidade” de 1991, foi possível considerar que: Freire fazia menção, em muitas passagens desta obra, sobre diferentes infâncias e crianças e sua Educação. Sob essa perspectiva, foi possível evidenciar que o pensamento freiriano é um dos mais significativos para mudanças no âmbito da Educação, em especial o resgate da Infância e da Educação das crianças das Classes Populares.

Palavras-chave: Paulo Freire, Educação da Infância, Infância das classes populares

 

Abstract: Paulo Freire was one of the worldwide recognized Brazilian Educators, his work is wide and faces many different subjects. Anyway analyzing how the Freire´s legacy is studied and socialized it is possible to noticed that his assumptions are mainly spread on the studies about young and adult Education. Thus the aim of this study is to analyze and discuss how the freirian assumptions can be recreated to Childhood Education despite the fact that historically this work is strictly associated with the adult and young education and little mentioned on Childhood Education discussions. he methodology is based in a qualitative theoretical approach. From the analysis of one of the Paulo Freire’s works Pedagogy of the city (1991) it was possible to postulate that Freire did mention in may passages of this work, many types of children and childhoods and their education. From this point of view is possible to demonstrate that the Freire’s Thought is one of the most meaningful to change on the scope and in special on the rescue of the lower class Childhood Education.

Key words: Paulo Freire, Childhood Education, Lower Classes Education

 

1 Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCAR.
2 Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia – UFBA; Professora do Centro de Educação da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES.

 

Literatura Citada

ABRAMOWICZ, A e WAJSKOP, G. Educação Infantil: Creches: atividades para crianças de zero a seis anos. 2. ed. São Paulo: Moderna, 1999.

BARBOSA, M. C. S. e HORN. M. da G. S. Organização do Espaço e do Tempo na Escola Infantil. In: CRAIDY, C. e KAERCHES, G. E.L. (orgs). Educação Infantil pra que te quero? Porto Alegre: Artmed, 2001. p. 67-79.

BRANDÃO, C. R. Apresentação – Aprender a saber com e entre outros In:

ASSUMPÇÃO, R. (org). Educação Popular na perspectiva freiriana. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2009. p. 09-18.

DEHEINZELIN, M. A fome com a vontade de comer: Uma proposta curricular de educação infantil. 10.ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2003.

FREIRE, P. Educação na cidade. 7ed. São Paulo: Olho d´água, 2006.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa.21. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 40. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, P. Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: UNESP, 2001.

KRAMER, S; LEITE, M. I (orgs). Infância: Fios e desafios da pesquisa. 7ed. São Paulo: Papirus, 2003.

ZITKOSKI, J.J. Paulo Freire e Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.