Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Motivação de Alunos/Professores Durante o Processo de Alfabetização

DOI: http://dx.doi.org/10.15602/1983-9480/cmedh.v14n28p37-43

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ipa/index.php/EDH/index 

downloadpdf

Rosane C. D. Valle1 & Maria I. C. Vitória2

 

Resumo: O presente artigo trata de analisar questões relacionadas à alfabetização nos Anos Iniciais, destacando a importância da motivação de professores e alunos durante o processo de alfabetização para que este se desenvolva com maior envolvimento tanto por parte dos alunos quanto dos professores. O texto está fortemente marcado pelas ideias de construção da professoralidade (VILLELA-1996), bem como nas de Nóvoa, quando ressalta a importância da visibilidade do ofício de professor. As contribuições destes autores têm servido para estudo e reflexão de equipes pedagógicas das escolas, para que tenham maior discernimento no momento da escolha de professores para as classes de alfabetização. Foi também destacado o quanto é importante para o professor (re) conhecer-se e ter autonomia para poder escolher e assumir- ou não- uma classe de alfabetização. Assumir-se professor alfabetizador é desafiar-se diariamente; é desconstruir conceitos, conhecer novas teorias, adequando-os ao contexto em que se insere o trabalho de alfabetização. Dessa forma, o estudo, a per-manente reflexão sobre a própria prática também fazem da construção da professoralidade. Pretende-se, com este artigo, contribuir para que as equipes pedagógicas das escolas reflitam sobre as questões ligadas à alfabetização e o papel da motivação nesse processo.

Palavras-chave: Motivação – Alfabetização – Ensino-Aprendizagem- Ensino Fundamental.

 

Abstract: This article deals with analyzing issues related to literacy on the initial years, emphasizing the teacher’s and student’s motivation importance during the process of literacy in order to this process be developed with greater involvement by both students and teachers. The text is strongly influenced by the “professo-ralidade” construction ideas (VILLELA-1996), as well as by Nóvoa ideas, when highlights the visibility of the teacher’s profession importance. The contributions of these authors have been used to study and re-flection of the pedagogical staff of Schools, so that they have a greater insight in the moment they choo-se teachers to literacy classes. It was also highlighted how much important is to the teacher recognize and know themselves and have autonomy to choose assuming - or not - a literacy class. Assume yourself as a literacy teacher is to challenge yourself daily; is to deconstruct concepts, to know new theories, adapting them to the context in which the literacy work is inserted. Hence, the study, the permanent reflection about the practice itself is also part of “professoralidade” construction.  This article intends to contribute with the pedagogical Schools staff in order to do they reflect about questions related to literacy and the motivation role in this whole process.

Key words: Motivation – Literacy – Education - Learning – Elementary School. 

 

1 Participante do Grupo de pesquisa: ”Teorias e Práticas na Formação de Educadores”- Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do RS.
2 Professora do PPGEDUCAÇÃO; pesquisadora; líder do grupo de pesquisa “Teorias e Práticas na Formação de Educadores” - Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do RS.

 

Literatura Citada

BORUCHOVITCH, E. A motivação para aprender de estudantes em cursos de formação de professores. Educação, 2008.

BORUCHOVITCH, E. A motivação no contexto Escolar: implicações para a formação de professores.

BZUNECK, J. A. Como motivar os alunos: Sugestões Práticas. In: BORUCHOVITCH, E.; GUIMARÃES, S.E.R.( Orgs) Motivação para aprender: temas atuais e aplicações no contexto educativo.2009

BZUNECK, J. A. A motivação do aluno: aspectos introdutórios. In BORUCHOVITCH, E. BZUNECK, J.A (Orgs) Motivação do aluno: contribuições da Psicologia Contemporânea.

CHRISTOFOLI, Maria Conceição -Pesquisadora- Doutora em Educação-Letramento em Contextos do EJA.

FERREIRO, Emilia; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artes Médicas, 1985. 284 p.

HOFFMANN, Jussara. Pontos e contrapontos: do pensar ao agir em avaliação. Porto Alegre: Mediação, 1998 140 p.

LOURO, Guacira Lopes. A escola e a pluralidade de tempos e espaços. In: COSTA, Maria Vorraber. Escola básica na virada do século: cultura, política e currículo. São Paulo; Cortez 1990.

LOURO, Guacira Lopes. Notas para dar conta de uma promess. 2002 (digitado) Formação de Professores. Dissertação de Mestrado em Educação- UFRGS-Porto Alegre-2009

NÓVOA, Antônio - Profissão Professor, Editora Porto- 1999

PEREIRA, Marcos Villela. A estética da professoralidade: um estudo interdisciplinar sobre a subjetividade do professor. São Paulo: PUC-SP, 1996 (Tese, Doutorado em Supervisão e Currículo).

PINTRICH, P.R; DALE H. Schunk- Motivacion En Contextos Educativos - Teoria, investigacion y aplicaciones- 2ª edição- Madrid-2006

RIPOLL, Daniela. Aprender sobre sua herança genética já é um começo. Porto Alegre: UFRGS (Tese Doutorado em Educação) 2005.

RYAN, R. M; DECI, E. L. Self-determination theory and the facilitation of intrinsic motivation, social development, and well-being. American Psychologist, 55,1,68-78,2000a. http://dx.doi.org/10.1037/0003-066X.55.1.68

RYAN, R. M; DECI, E. L. Intrinsec and extrinsic motivations: Classic definitions and new directions.Contemporary Educational Psychology,25,54-67,2006 http://dx.doi.org/10.1006/ceps.1999.1020

ZABALZA, Miguel Angel – Diários de aula- contributo para o estudo dos dilemas práticos dos professores.Porto: Portugal Editora 3aed 1994.