Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Etiologia e Prevalência da Mastite de Origem Bacteriana em Animais Livres e Portadores de Artrite-Encefalite Caprina1

DOI: http://dx.doi.org/10.15528/2176-4158/rcpa.v12n2p223-226

http://www.ojs.ufpi.br/index.php/rcpa 

downloadpdf

Lauana B. Santiago2, Roberta L. L. de Brito2, Vanderlan W. S. dos Santos3, Apoliana de S. Rodrigues4, Alice Andrioli5, Francisco S. F. Alves5 & Raymundo R. Pinheiro6

 

Resumo: A manifestação clínica na glândula mamária da Artrite-Encefalite Caprina (CAE) é freqüente e tem grande significado econômico na caprinocultura ao comprometer a produção leiteira e predispor a glândula mamária a infecções secundárias. Objetivou-se com este estudo determinar a prevalência e isolar e identificar os microrganismos causadores de mastite em animais livres e portadores de CAE. Foram utilizadas 44 cabras mestiças Saanen x Anglo-Nubiana, sendo 19 positivas para a CAE e 25 livres da enfermidade. As amostras de leite para o microbiológico foram coletadas de cada teto, durante sete meses, plaqueadas em Ágar Sangue e mantidas sob incubação a 37°C por 48h, totalizando 588 amostras. As colônias foram caracterizadas macro e microscopicamente. Posteriormente foram submetidas às provas bioquímicas de acordo com a suspeita microbiológica. Em relação ao grupo de animais infectados pela CAE, 28,17% das amostras analisadas foram microbiologicamente positivas, e no rebanho negativo, 18,15% obtiveram resultado positivo. Foi constatada diferença estatística significativa (p<0,01) entre os grupos, demonstrando maior incidência de mastite bacteriana no grupo infectado com CAE. Em relação à identificação dos microrganismos isolados, não houve diferença estatística significativa entre os grupos. Staphylococcus sp. coagulase negativa foi identificado em 95,77% das amostras positivas ao exame microbiológico, no grupo de animais infectados pela CAE, e em 93,44% no rebanho livre da doença.

Palavras-chave: caprinos, exame microbiológico, glândula mamária, microrganismos, retrovírus

 

Abstract: The clinical manifestation of Caprine Arthritis Encephalitis (CAE) is usual and means economic losses for dairy goats, decreasing milk production and increasing susceptible of mammary gland to bacterial infections. The aim of the study was to determinate the etiology and prevalence of mastitis in groups of free and infected goats by CAE. It were utilized 44 crossbreed does Saanen x Anglo- Nubiana. One group was composed for 19 females positive for CAE and another group, for 25 negative ones. Milk microbiological exam was accomplished for seven months, of each teat, once at a month, totalizing 588 samples. It were plated in Blood Agar Base and kept at 37°C for 48h. Colonies were characterized macro and microscopically and, then, all biochemical tests were realized. For the CAE infected group, 28,17% of all samples were positives by microbiological exam and, for the negative group, only 18,15%. Statistical difference significant (p<0,01) was observed, showing highest bacterial mastitis incidence on the infected group. Con-sidering the aetiology, it wasn’t noted significant statistical difference between both groups. Coag-ulase negative Staphylococcus sp. was identified in 95,77% of positive samples for microbiological exam, on the CAE infected group, and in 93,44% on the negative group.

Key words: caprine, microbiological exam, microorganisms, mammary gland, retrovirus

 

1 Estudo financiado pela EMBRAPA Caprinos, Banco do Nordeste do Brasil - BNB e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FUNCAP
2 Mestranda em Zootecnia – Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)/Embrapa Caprinos. Bolsista FUNCAP
3 Graduando em Zootecnia – UVA. Bolsista FUNCAP
4 Graduanda em Biologia – UVA, Bolsista FUNCAP
5 Médica (o) Veterinária (o) - Pesquisador da Embrapa Caprinos
6 Orientador - Pesquisador da Embrapa Caprinos e Professor do Curso de Graduação em Zootecnia da UVA. Estrada Sobral - Groaíras, Zona Rural, Km 4, CEP: 62011-970, caixa postal 145, Sobral, CE . E-mail: rizaldo@cnpc.embrapa.br (autor para correspondência)

 

Literatura Citada

BERGONIER, D.; CRÉMOUX, R.; RUPP, R.; LAGRIFFOUL, G.; BERTHELOT, X. Mastitis of dairy small ruminants. Veterinary Research, v. 34, p. 689–716, 2003. doi

CARTER, G. R.; CLAUS, W.; RIKIHISA, Y. Essencials of veterinary bacteriology and mycology. 3.ed. Philadelphia: Lea & Febiger, 1986. 261 p.

LERONDELLE, C. Mammary infection caused by caprine arthritis encephalitis virus (CAEV). Sciences Veterinaires Medecine Comparee, v. 90, n. 3, p. 139- 143, 1988.

PEREIRA, M. F. Artrite Encefalite Caprina a Vírus (CAE) – estudo anátomo-patológico e imuno-histoquímico em cabras naturalmente infectadas. Belo Horizonte: Escola de Veterinária da UFMG, 1995. 64p. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária).

PINHEIRO, R. R. Vírus da Artrite Encefalite Caprina: desenvolvimento e padronização de ensaios imuno-enzimáticos (ELISA e Dot-Blot) e estudo epidemiológico no Estado do Ceará. Belo Horizonte: Escola de Veterinária da UFMG, 2001. 115p. Tese (Doutorado em Ciência Animal).

PINHEIRO, R. R.; ALVES, F. S. F. Parâmetros clínicos, exame do líquido sinovial e hemograma na Artrite Encefalite Caprina Viral. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, v. 20, p. 263-264, 2000.