Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Equações Volumétricas em Povoamentos de Pinus taeda L.no Município de Lages-SC

DOI: http://dx.doi.org/10.14583/2318-7670.v02n01a01

http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/nativa/index 

downloadpdf

Raul Silvestre1, Marcelo Bonazza, Mariana Stang, Gean C. P. Lima, Diego A. Koepsel, Franchesco T. de Marco, Lucas D. Ciarnoschi, Rafael Scariot & Diego F. Morês

 

Resumo: O presente estudo teve como objetivo o ajuste de diferentes equações para estimativas volumétricas de povoamentos de Pinus taeda L., no município de Lages, SC. Para isso, procedeu-se a realização da cubagem por meio do método de Smalian, sendo esta realizada com a derrubada de 89 árvores. A cubagem rigorosa foi feita mediante a separação dos indivíduos em classes dia métricas, os quais foram separados em nove classes de diâmetro, partindo do diâmetro mínimo de 5 cm. Para o ajuste das equações foram testados por meio de regressão, trinta e três modelos matemáticos para a estimativa de volume. Destes, foram selecionados cinco modelos que apresentaram os melhores resultados do coeficiente de determinação múltiplo (R2 ajustado), erro padrão da estimativa absoluto e relativo (Syx) e, analise gráfica dos resíduos. Os melhores modelos foram: Prodan I, Stoate (Deusen 1981), Meyer (compreensiva), Näslund (Spruce) e Takata.

Palavras-chave: ajuste, cubagem de árvores, modelos matemáticos, volumetria

 

Abstract: The aim of this study was adjust different volumetric equations for Pinus taeda L. plantations, in Lages, SC, Brazil. To determinate the trees’ volume was used Samlian’s method, this was realized with felling of 89 trees. The several volume calculations were done with the individuals separation by diameter class, totaling nine diameter classes, considering the minimum diameter as 5 cm. For adjustment of the equations were tested by regression of thirty-three mathematical models to estimate the volume. Of these, were selected five models that present best results for the determination coefficient (adjusted R²), absolute and relative standard error of estimative (Syx) and, residuals graphical analysis. The best models were: Prodan I, Stoate (Deusen 1981), Meyer (comprehensive), Näslund (Spruce) e Takata.

Key words: adjustment, measurement of tree volume, mathematical models, volumetry

 

1 Departamento de Engenharia Florestal, Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, Santa Catarina, Brasil. E-mail: silvestrefloresta@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

DRAPER, N.; SMITH, H. Applied regression analysis. New York: JohnWiley e Sons, 1966. 709 p.

ELESBÃO, L. E. G. Crescimento e produção de Pinus taeda L. na região dos Campos de Cima da Serra, Rio Grande do Sul. 2008. 73 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2008.

JUNTA DO SERVIÇO MILITAR DE LAGES. Condições climáticas e solos. Disponível em: <http://juntadoservicomilitardelages.webnode.com.br/lages-sc/>. Acesso em: 10 set 2013.

KOHLER, S. V. et al. Diferentes métodos de ajuste do modelo volumétrico de Schumacher e Hall. In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 4, 2012. Curitiba, Paraná. Anais... Curitiba: UNICENTRO, 2012.

MACHADO, S. A. et al. Modelagem do volume individual para diferentes idades e regimes de desbaste em plantações de Pinus oocarpa. Ciências Exatas e Naturais, Curitiba, v. 4, n. 2, p. 185-196, maio/ago. 2002.

MAZZONETTO, C. R.; FRACASSO, R. M.; FORTES, F. Avaliação de modelos na estimativa de volume de Pinus taeda Loblolly Pine. In: CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RS E 2° SEMINÁRIO MERCOSUL DA CADEIA MADEIRA, Nova Prata, Rio Grande do Sul. Anais... Nova Prata: UFSM/DCFL, 2012, p. 562-567.

SANTANA, O. A.; ENCINAS, J. I. Equações volumétricas para uma plantação de Eucalyptusurophylla destinada a produção de lenha. In: SIMPÓSIO LATINOAMERICANO SOBRE MANEJO FLORESTAL, 3, 2004. Anais… Santa Maria: UFSM/PPGEF, 2004. p. 107-111.

SCHNEIDER, P. R. Betriebswirtschaftliche und ertragskundlicheGrundlagen der Forsteinrichtung in SüdbrasilienamBeispiel von Pinuselliottii. 1984. 190 f. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) – Albert-Ludwigs-Universität, Freiburg, 1984.

SILVA, J. A. A. Análise de equações volumétrica para a construção de tabelas de volume comercial para Eucalyptus spp., segundo a espécie, região e método de regeneração. 1977. 93 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, 1977.

SOCCOL, O. J. et al. Análise da precipitação mensal provável para o município de Lages, SC. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 6, jun., p. 569-574, 2010.

TÉO, S. J. et al. Modelagem do volume do povoamento para Pinus taeda L. e Pinus elliottii Engelm., na região de Caçador – SC. Unoesc & Ciência, Joaçaba, v. 2, n. 2, p. 193-204, jul./dez. 2011.

THOMAS, C. et al. Comparação de equações volumétricas ajustadas com dados de cubagem e análise de tronco. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 3, p. 319-327, jul./set. 2006.