Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Mapeamento de Unidades de Relevo do Estado do Pará

DOI: http://dx.doi.org/10.17551/2358-1778/geoamazonia.n1v2p56-67

http://www.geoamazonia.net/index.php/revista 

downloadpdf

Ana M. M. Furtado1 & Franciney C. da Ponte2

 

Resumo: O presente trabalho é uma análise sumária do mapeamento geomorfológico do estado do Pará, com base nos trabalhos do projeto RadamBrasil, IBGE e a utilização do MDE, gerado a partir do Radar-SRTM. A escala de 1:250.000 ensejou a utilização de três táxons onde se inclui primeiramente as unidades morfoestruturais, estas correspondendo a estrutura geológica e a litologia, representadas pela Bacia Sedimentar da Amazônia, embutida entre os dois escudos cristalinos ao norte e sul da mesma. Dentro desse contexto foram inseridas as unidades de relevo que constituíram o 2º táxon e um 3º táxon com respectivas subunidades, complementada por dados de declividades, altimetria e área das unidades. Procura-se neste trabalho fornecer instrumentos que possam servir de embasamento ao planejamento da paisagem do estado do Pará em suas interações com outras ciências.

Palavras-chave: mapa do estado do Pará, mapeamento geomorfológico, planejamento ambiental.

 

Abstract: The present work is a brief analysis of the geomorphological mapping of the state of Para, based on the work of RADAMBRASIL projetc, IBGE and in the use of DEM, SRTM Radar etc. The 1:250,000 scale gave rise to the use of three taxons which includes primarily the morphostructural units, these corresponding to the geological structure and lithology represented by the sedimentary basin of the Amazon, built between the two crystalline shields to the north and south of same. Inside this context were inserted the units of relief that constituted the second taxon and a third taxon with its subnits, supplemented data on slope, altimetry and area units. Search in this work provide tools that can serve as the basis for planning the landscape of the state of Para in their interactions with other sciences.

Key words: Map of the state of Para - geomorphological mapping - environmental planning.

 

1 Universidade Federal do Pará. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Profª. da Faculdade de Geografia e Cartografia. Laboratório de Análise da Informação Geográfica. Av. Augusto Corrêa - Campus Belém. CEP: 66.075-110 – Belém – PA, Brasil. e-mail: amedfurt@ufpa.br
2 Universidade Federal do Pará. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Profº. da Faculdade de Geografia e Cartografia. Laboratório de Análise da Informação Geográfica. Av. Augusto Corrêa -Campus Belém. CEP: 66.075-110 – Belém – PA, Brasil. e-mail: fcponte@ufpa.br / fcponte@yahoo.com.br.

 

Literatura Citada

BERRY, P.A.M., GARLICK, J.D., SMITH, R.G. Near-global validation of the SRTM DEM using satellite radar altimetry. Remote Sensing of Environment, v.106, p.17-27, 2007.

CREPANI, E. MEDEIROS, J. S. Imagens fotográficas derivadas de MNT do projeto SRTM para fotointerpretação na Geologia, Geomorfologia e Pedologia. São José dos Campos: INPE, 2004.

FERREIRA, N. C. Princípios para elaboração de MDT. Goiânia, 2003.

KOHLER, C. H. A escala na análise geomorfológica. Rev. Bras. Geomorfologia, Uberlândia: UFU, ano 03, nº 01, p. 21-31. 2002.

IBGE. 1999. Banco de dados de recursos naturais da Amazônia brasileira. Rio de Janeiro. IBGE/CISCEA/SIVAM. SIG, Produto Digital.

IBGE. Mapa geomorfológico do Estado do Pará. Coordenação de Recursos Naturais e Ambientais. 1ª edição. 2008.

IBGE. Mapa de unidades de relevo do Brasil. 1993.

LIBAULT, A. Geocartografia. São Paulo, Cia. Ed. Nacional – editora da Universidade de São Paulo. 1975.

ROSS, J. L. S. (1990). Geomorfologia, ambiente e planejamento. São Paulo. Ed. Contexto.

RADAMBRASIL, projeto. Geomorfologia. Departamento Nacional da Produção Mineral. Folhas: NA-21, NA-22, SA-21, AS-22, AS-23, SB-21, SB-22, SB-23, SC-21, SC-22. (Levantamento de Recursos Naturais).

SANTOS, L. J. C. et al. Mapeamento geomorfológico do Estado do Paraná. Rev. Bras. de Geomorfologia. Uberlândia: UFU. Ano 07, nº 02, p. 03-12. 2006.

UMIACS – University of Maryland Institute for Advanced Computer Studies, 2005. Disponível em: < ftp://ftp.glcf.umiacs.umd.edu/glcf/SRTM/ >. Acesso em: 23 Abril 2010.