Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Coberturas Vegetais na Supressão de Plantas Daninhas em Sistema de Plantio Direto Orgânico de Milho

DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v15n1p65-72

http://rbms.cnpms.embrapa.br/index.php/ojs/index 

downloadpdf

Steliane P. Coelho¹, João C. C. Galvão¹, Emerson Trogello², Silvane A. Campos¹, Luis P. L. Pereira¹, Tatiana P. Barrella¹, Paulo R. Cecon¹ & Adalgisa J. Pereira1

 

Resumo: O manejo de plantas daninhas é o maior entrave na implantação do sistema de plantio direto orgânico de milho. O objetivo do trabalho foi estudar o efeito de coberturas vegetais sobre as plantas daninhas e a produtividade de milho em sistema de plantio direto orgânico de milho. O experimento foi instalado no esquema fatorial (5 x 2) no delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram cinco coberturas: coquetel recomendado; coquetel UFV; aveia preta; girassol; e testemunha e dois sistemas de cultivo: milho solteiro; e milho consorciado com feijão-de-porco. Anteriormente ao cultivo do milho, foi avaliada a massa seca das coberturas vegetais. A amostragem das plantas daninhas foi realizada aos 10, aos 24 e aos 79 DAE e foram avaliados os componentes agronômicos do milho. As coberturas vegetais proporcionaram redução na massa seca das plantas daninhas em todas as épocas avaliadas, sendo a aveia preta a cobertura mais eficiente na redução dessa massa seca. O sistema de cultivo consorciado proporcionou maior produtividade de milho. A aveia preta e o coquetel UFV proporcionaram maiores diâmetros de colmo e maior produtividade. As coberturas de aveia preta e coquetel UFV são alternativas para suprimir plantas daninhas e favorecer a produtividade do milho no plantio direto orgânico.

Palavras-chave: Zea mays; produção orgânica; consórcio; plantas de cobertura.

 

Abstract: Management of weeds is the major obstacle in the implementation of organic no-tillage system in maize. The aim of this work was to study the effects of cover crops on weeds and corn yield in the no-tillage organic system. The experimental design was a randomized block factorial scheme (5x2) with 4 replications. The treatments were composed of five types of cove crops: recommended bulk-seeded, UFV bulk, oat, sunflower and control, and two cropping systems (single and maize intercropped with pig-bean). Previously to the maize cultivation, the dry mass of the cover crops were evaluated. Samplings of weeds were performed at 10, 24 and 79 DAE and the agronomic components of the corn were evaluated. The cover crops provided reduction in dry weight of weeds in all periods; the oat was the most effective in reducing dry weight of weeds in the evaluated periods. The intercropping system showed better performance for grain weight and corn yield The oat and UFV bulk afforded higher stalk diameters and productivity of maize. Thus, the oat and the UFV bulk as cover crops are alternatives in suppressing weeds and favor corn yield in organic no-tillage system.

Key words: Zea mays; organic production; intercrop; cover crop.

 

¹ Universidade Federal de Viçosa (UFV), Viçosa, Minas Grais, Brasil - steagroecologia@yahoo.com.br, jgalvao@ufv.br, silvanecampos@yahoo.com.br, tatiana.barrella@ufv.br, luis.pereira@ufv.br, econ@ufv.br, adalgisa.pereira@gmail.com
² Instituto Federal Goiano - Campus Morrinho, Morrinho, Goiás, Brasil - etrogello@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ARAÚJO, J. C.; MOURA, E. G.; AGUIAR, A. C. F.; MENDONÇA, V. C. M. Supressão de plantas daninhas por leguminosas anuais em sistema agroecológico na Pré- -Amazônia. Planta Daninha, Rio de Janeiro, v. 25, n. 2, p. 267-275, 2007. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582007000200005

BOER, C. A.; ASSIS, R. L.; SILVA, G. P.; BRAZ, A. J. B. P.; BARROSO, A. L. L.; CARGNELUTTI FILHO, A.; PIRES, F. R. Ciclagem de nutrientes por plantas de cobertura na entressafra em um solo de cerrado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 42, n. 9, p. 1269-1276, set. 2007. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2007000900008

CLAESSEN, M. E. C. (Org.). Manual de métodos de análise de solo. 2. ed. rev. atual. Rio de Janeiro: Embrapa- CNPS, 1997. 212 p. (Embrapa-CNPS. Documentos, 1).

CORRÊA, M. L. P.; GALVÃO, J. C. C.; FONTANETTI, A.; FERREIRA, L. R.; MIRANDA, G. V. Dinâmica populacional de plantas daninhas na cultura do milho em função de adubação e manejo. Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 42, n. 2, p. 354-363, abr./jun. 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902011000200014

CRUSCIOL, C. A. C.; MORO, E.; LIMA, E. V.; ANDREOTTI, M. Taxas de decomposição e de liberação de macronutrientes da palhada de aveia preta em plantio direto. Bragantia, Campinas, v. 67, n. 2, p. 481-489, 2008. https://doi.org/10.1590/S0006-87052008000200024

FAGUNDES, G. G. Adubação verde: redes regionais de agroecologia Mantiqueira- Mogiana, Leste Paulista. [S.l: s.n.], 2008. 4 p. (Boletim informativo).

FONTANETTI, A.; GALVÃO, J. C. C.; SANTOS, I. Z.; MIRANDA, G. V. Produção de milho orgânico no sistema plantio direto. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 27, n. 233, p. 127-136, 2006.

GIONGO, V.; MENDES, A. M. S.; CUNHA, T. J. F.; GALVÃO, S. R. S. Decomposição e liberação de nutrientes de coquetéis vegetais para utilização no semiárido brasileiro. Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 42, n. 3, p. 611-618, jul./set. 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902011000300006

HIRATA, A. C. S.; HIRATA, E. K.; GUIMARÃES, E. C.; RÓS, A. B.; MONQUERO, P. A. Plantio direto de alface americana sobre plantas de cobertura dessecadas ou roçadas. Bragantia, Campinas, v. 73, n. 2, p. 178-183, 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/brag.2014.024

KIEHL, E. J. Fertilizantes orgânicos. Piracicaba: Agronômica Ceres, 1985. 492 p.

KUMAR, R.; GOPAL, R. J. M. L.; GUPTA, R. K. Conservation agriculture based strategies for sustainable weed management in maize (Zea mays). In: TRAINING manual: maize for freshers. New Delhi: Directorate of Maize Research, 2010.

MORAES, P. V. D.; AGOSTINETTO, D.; PANOZZO, L. E.; OLIVEIRA, C.; VIGNOLO, G. K.; MARKUS, C. Manejo de plantas de cobertura no controle de plantas daninhas e desempenho produtivo da cultura do milho. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 34, n. 2, p. 497-508, mar./abr. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n2p497

QUEIROZ, L. R.; GALVÃO, J. C. C.; CRUZ, J. C.; OLIVEIRA, M. F.; TARDIN, F. D. Supressão de plantas daninhas e produção de milho-verde orgânico em sistema de plantio direto. Planta Daninha, Viçosa, MG, v. 28, n. 2, p. 263-270, 2010. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582010000200005

SANGOI, L.; ALMEIDA, M. L.; LECH, V. A.; GRACIETTI, L. C. Desempenho de híbridos de milho com ciclos contrastantes em função da desfolha e da população de plantas. Scientia Agrícola, Piracicaba, v. 58, n. 2, p. 271-276, 2001. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90162001000200009

SILVA, H. L.; TREZZI, M. M.; BUZZELLO, G.; PATEL, F.; MIOTTO, E.; DEBASTIANI, F. Potencial supressivo de genótipos e níveis de palha de girassol (Helianthus annuus L.) sobre o desenvolvimento de picão preto (Bidens pilosa). Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas, v. 17, n. 1/4, p. 7-14, jan./mar. 2011.

SILVA, M. G. O.; FREITAS, F. C. L.; NEGREIROS, M. Z.; MESQUITA, H. C.; SANTANA, F. A. O.; LIMA, M. F. P. Manejo de plantas daninhas na cultura da melancia nos sistemas de plantio direto e convencional. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 31, n. 3, p. 494-499, jul./set. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362013000300025