crosscheckdeposited

A Literatura no Limite

DOI: http://dx.doi.org/10.15529/1980-6914/letras.v17n3p85-95

http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/tl/index 

downloadpdf

Paulo C. de Oliveira1

 

Resumo: O objetivo deste artigo é apresentar algumas reflexões sobre a arte literária que podem contribuir para o ensino de outros saberes a ela associados, tais como a leitura e a produção textual. Para discutirmos essa dimensão didática e pedagógica do trabalho daqueles que lidam com a Literatura, nos valeremos de alguns mecanismos de abordagem criados pela fenomenologia da linguagem de Merleau-Ponty (1984). As reflexões que se seguem pretendem aproximar o trabalho dos profissionais que atuam na área de Linguística e de Literatura.

Palavras-chave: Literatura. Leitura. Produção textual.

 

Abstract: The purpose of this paper is to present some reflections on the literary art that can contribute to the education of other knowledge associated with it, such as reading and textual production. To discuss this didactic and pedagogical dimension of the work of those who deal with literature will be used some concepts created by the Phenomenology of Merleau-Ponty language. The reflections that follow are intended to approximate the work of professionals working in Linguistics and Literature area.

Key words: Literature. Reading. Text production.

 

1 Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) – Dourados – MS – Brasil. E-mail: pensepaulo@gmail.com

 

Literatura Citada

BENJAMIN, W. O conceito de história. In.: BENJAMIN, W. Obras escolhidas. Magia e técnica. Arte e política. Tradução Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1985.

MARCUSCHI, L. A. Oralidade e escrita. Signótica: Revista do programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 119-146, 1997.

MERLEAU-PONTY, M. Textos escolhidos. Seleção e tradução Marilena Chauí et al. 2. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1984. (Coleção Os pensadores).

VARGAS LLOSA, M. Em defesa do romance. Revista Piauí, Rio de Janeiro, ano 4, n. 37, p. 64-69, out. 2009.