crosscheckdeposited

Comportamento Periódico de Parâmetros Físico-Químicos Obtidos in situ nas Águas Subterrâneas de Área Localizada no Pecém, Região Metropolitana de Fortaleza/CE

DOI: http://dx.doi.org/10.18190/1980-8208/estudosgeologicos.v25n2p89-102

https://www.ufpe.br/estudosgeologicos/ 

downloadpdf

Pâmella Moura1, Maria da C. R. Gomes2 & Itabaraci N. Cavalcante3

 

Resumo: Este trabalho foi realizado em área localizada no Pecém, Região Metropolitana de Fortaleza. Teve por objetivo avaliar a qualidade das águas subterrâneas por meio de monitoramento periódico in situ dos parâmetros físico-químicos pH, Sólidos Totais Dissolvidos e Condutividade Elétrica, além de verificar possível influência da dinâmica climática no comportamento de tais parâmetros. Foram realizadas quatro etapas de monitoramento em 24 poços ao longo de 2013, duas na estação chuvosa e duas na estação seca. Identificou-se a presença de três Sistemas Aquíferos principais: Dunas/Paleodunas, Barreiras e Fissural. Os resultados de pH permitiram classificar as águas subterrâneas como ácidas, fora dos padrões de potabilidade. As concentrações de Sólidos Totais Dissolvidos apresentaram-se dentro dos padrões de potabilidade e permitiram classificar as águas subterrâneas como águas doces. O Sistema Aquífero Barreiras apresentou as águas mais ácidas da região e o Sistema Aquífero Fissural apresentou as maiores concentrações de STD. As águas subterrâneas apresentaram-se mais ácidas, condutivas e salinas no período de estiagem. A qualidade das águas subterrâneas do Sistema Aquífero Dunas/Paleodunas variou principalmente em detrimento do método construtivo do poço, se tubular ou escavado. No aquífero Barreiras as concentrações avaliadas dependeram, sobretudo, de sua proximidade com os aquíferos adjacentes. O comportamento periódico dos parâmetros apresentou distribuição espacial similares para fevereiro e dezembro, e para maio e setembro, embora o regime pluviométrico não tenha acarretado variações significativas na qualidade das águas subterrâneas do Pecém durante o período monitorado.

Palavras-chave: Aquíferos, Sólidos Totais Dissolvidos, pH, Condutividade Elétrica, CIPP

 

Abstract: This work was conducted in the Pecém district, Metropolitan Region of Fortaleza, Ceará State, Brazil. It aims to evaluate the groundwater quality by means of in situ periodic monitoring of pH, electrical conductivity, and total dissolved solids, in order to check possible changes in the behavior of these parameters. Four stages were held in 24 monitoring wells throughout 2013 in the rainy and dry seasons. It was possible to identify three main aquifer systems: Dunes/Paleodunes, Barreiras, and Fissural. The pH results allowed classifying groundwater as acidic, outside the potability standards. Total dissolved solids concentrations are within the potability standards and allowed to classify the groundwater as fresh water. The Barreiras Aquifer has more acidic groundwater of the region, and the Fissural Aquifer presents the highest concentrations of salts. The major acidity and salt concentrations were found along the dry season. It is possible to conclude that the quality of groundwater from Dunes/Paleodunes Aquifer changes according the type of wells, i.e. if dug or drilling ones. The pH and TDS concentrations evaluated in Barreiras Aquifer changes according to its proximity to other adjacent aquifers. The seasonal behavior of the parameters shows spatial distribution similarities in February and December, and also in May and September, although the rainfall regime does not entail significant variations in the groundwater quality of the Pecém district in 2013.

Key words: Aquifers, Total Dissolved Solids, pH, Electrical Conductivity, CIPP

 

1 Programa de Pós-Graduação em Geologia. Departamento de Geologia/UFC, Fortaleza/Ceará. pamella_mm@yahoo.com.br
2 Universidade Federal do Cariri. Departamento de Engenharia Civil/UFCA, Juazeiro do Norte/Ceará. conceicaorabelo@yahoo.com.br
3 Departamento de Geologia/UFC, Fortaleza/Ceará. itabaracicavalcante@gmail.com

 

Literatura Citada

Arai, M. 2006. A Grande Elevação Eustática do Mioceno e sua Influência na Origem do Grupo Barreiras. Geologia USP (Série Científica). São Paulo, vol. 6, pp. 1-6.

Bianchi, L.; Padilha M.W.M.; Teixeira, J.E.M. 1984. Recursos de Água Subterrânea na Região Metropolitana de Fortaleza. Fatores Condicionantes. In: Plano de Aproveitamento dos Recursos Hídricos na RMF, Fase I Fortaleza. SEPLAN/AUMEF, vol. 1, 139 p.

Brandão, L.R. 1995b. Diagnóstico Geoambiental e Principais Problemas de Ocupação do Meio Físico da Região Metropolitana de Fortaleza. Projeto SINFOR. CPRM, Fortaleza, 88p.

Brasil. Serviço Geológico do Brasil (CPRM). 2014. Sistema de Informações de Águas Subterrâneas. Disponível em <http://siagasweb.cprm.gov.br/layout/pesquisa_complexa.php> Acessado em Maio de 2012; Junho de 2013 e Janeiro de 2014.

Brasil, Ministério da Saúde. Portaria 2914 de 12 de dezembro de 2011. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Publicada o DOU de 14/12/2011.

Brasil, Ministério do Meio Ambiente. Resolução nº. 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Publicada no DOU nº. 053, de 18/03/2005, p. 58-63.

Cavalcante, J.C. et al. (2003) Serviço Geológico do Brasil (CPRM). Mapa Geológico do Estado do Ceará. Brasil. 1 mapa colorido. Escala 1:500.000.

Cavalcante, I.N. 1998. Fundamentos Hidrogeológicos para a Gestão Integrada de Recursos Hídricos na Região Metropolitana de Fortaleza, Estado do Ceará. Tese de Doutorado. Pós-Graduação em Recursos Minerais e Hidrogeologia. Instituto de Geociências,Universidade de São Paulo, São Paulo, 164 p. http://dx.doi.org/10.11606/t.44.1998.tde-12112015-140423

Cavalcante, I.N. 1997. Hidrogeologia de meios fissurados .In: III Curso de Especialização em Hidrogeologia Apli-cada. Instituto de Geociências, UFP,25 p.

Ceará. Secretaria dos Recursos Hídricos/ Companhia de Gestao dos Recursos Hídricos. 2011. Avaliação Hidrogeo-lógica Quali-Quantitativa do Campo de Dunas Pecém/Paracuru, no Estado do Ceará. Relatório Final. Fortaleza, 84p.

Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME). 2014. Série Histórica do Posto São Gonçalo do Amarante. Disponível em <http://www.funceme.br/index.php/areas/tempo/download-de-series-historicas>. Acesso em 05 de janeiro de 2014.

Gomes, M.C.R. Análise Situacional Qualitativa Sobre as Águas Subterrâneas de Fortaleza, Ceará/Brasil como Subsídio à Gestão dos Recursos Hídricos. 2013. Tese de Doutorado. Pós-Graduação em Geologia. Departamento de Geologia. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 213 p.

Instituto de Pesquisas Econômicas do Ceará (IPECE). 2012. Ceará em Números, 2010. Disponível em <http://www2.-ipece.ce.gov.br/publicacoes/ceara_em_numeros/2010/economico/04_1_de_produto_interno_bruto.pdf.> Acesso em 14 maio de 2012.

Landim P.M.B. 1998. Análise Estatística de Dados Geológicos. 1ª ed. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, Rio Claro, 226p.

Morais, J.B.A. Fundamentos Hidrogeológicos do Aquífero Dunas para a Gestão dos Recursos Hídricos da Região Metropolitana de Fortaleza/Ceará. 2011. Dissertação de Mestrado. Pós-Graduação Geologia. Departamento de Geologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 96 p

Moura, P. Vulnerabilidade de Aquíferos: Uso dos Métodos DRASTIC e GOD na Porção Norte do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, Estado do Ceará. 2014, 128 p. Dissertação (Mestrado em Geologia). Departamento de Geologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.

Nogueira, M.L.; Augusto, V.A.; Castelo Branco, R.M.G.; Castro, D.L. 2005. Caracterização Geoambiental e Hidrogeológica da Zona Portuária do Pecém. Revista de Geologia. Fortaleza, vol. 18, nº. 2, pp. 203-212.

Oliveira, M.R.B. 2013. O crescimento urbano e o risco à poluição das águas subterrâneas freáticas no entorno da lagoa da Parangaba, Fortaleza/Ceará. Dissertação de Mestrado. Pós-Graduação em Geologia. Departamento de Geologia. Universidade Federal do Ceará. 132 p.

Sabadia, J.A.B. 2001. Impacto del Vertedero de Jangurussu en los Recursos Hídricos de la Ciudad de Fortaleza (Estado do Ceará, Brasil).. Tese de Doutorado. Pós-Graduação em Ciências Geológicas. Facultad de Geología. Universitat de Barcelona, Barcelona, 292 p.