Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Ambiente Semiárido Brasileiro Influencia as Respostas Fisiológicas de Caprinos

DOI: http://dx.doi.org/10.14269/2318-1265/jabb.v4n1p17-21

http://www.jabbnet.com/ 

downloadpdf

Laylson da S. Borges1*, Amauri F. Evangelista1, Cicero P. Barros Junior1, Ângela L. da Silva1 & Tiago V. de Andrade1

 

Resumo: Nesta revisão, nós compilamos informações sobre as respostas fisiológicas de caprinos para o ambiente semiárido do nordeste do Brasil e sugerir algumas estratégias para evitar o desconforto térmico destes pequenos ruminantes. Devido a mudanças climáticas recentes, o número de estudos que procuram melhorar bem-estar animal tem intensificado para minimizar as perdas econômicas na produção animal nos trópicos. Entre as variáveis climáticas, a alta temperatura ambiente, umidade do ar e radiação solar direta são as principais causas de desconforto fisiológico em animais que diminuem sua produtividade. Assim, é muito importante estudar os componentes que interagem no processo de termorregulação, as consequências do desequilíbrio neste processo, e maneiras de aliviar estes efeitos, com o objetivo de proporcionar conforto térmico para buscar o bem-estar animal dos animais. Portanto, é essencial conhecer a interação entre os animais e o ambiente e da capacidade de adaptação das espécies e raças que são exploradas para tomar decisões sobre os sistemas e estratégias de gestão agrícola para maximizar a produtividade.

Palavras-chave: bem-estar animal, caprinocultura, desconforto térmico, produção animal, variáveis fisiológicas

 

Abstract: In this review, we compile information about the physiologic responses of goats to north-eastern Brazil’s semiarid environment and suggest some strategies to avoid the thermal discomfort of these small ruminants. Due to recent weather changes, the number of studies seeking to improve animal welfare has intensified to minimize the economic losses on animal production in the tropics. Among the climatic variables, the high room temperature, air humidity, and direct solar radiation are the main causes of physiological discomfort in animals that decrease their productivity. Therefore, it is very important to study the components that interact in the thermoregulation process, the consequences of disequilibrium in this process, and ways to ease these effects, aiming to provide thermal comfort to and seek the animal welfare of the animals. Therefore, it is essential to know the interaction between animals and the environment and the adaptability of the species and breeds that are exploited to make decisions about farming systems and management strategies to maximize productivity.

Key words: animal welfare, goat raising, thermal discomfort, animal production, physiological variables

 

1 Universidade Federal do Piauí (UFPI), Teresina, PI, Brasil.
* Autor para Correspondência. Email: laylson_borges@hotmail.com

 

Literatura Citada

Anderson BE (1996) Regulação da temperatura e fisiologia ambiental. In: Swnson MJ. Dukes Fisiologia dos animais Domésticos. 10 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. Capítulo 45:623- 629.

Andrade CMS, Salman AKD, Oliveira TK (2012) Guia Arbopasto: manual de identificação e seleção de espécies arbóreas para sistemas silvipastoris. 345p. Brasília: Embrapa.

Baccari Júnior F (2001) Manejo ambiental da vaca leiteira em clima quente. Londrina: UEL, 142p.

Baccari Júnior F, Gonçalves HC, Muniz LMR, Polastre R, Head HH (1996) Milk production, serum concentrations of thyroxine and some physiological responses of Saanen-Native goats during thermal stress. Revista Brasileirade Zootecnia 8:9-14.

Brasil LHA, Wechesler FS, Baccari Júnior F, Gonçalves HC, Bonassi, IA (2000) Efeitos do Estresse Térmico Sobre a Produção, Composição Química do Leite e Respostas Termorreguladoras de Cabras da Raça Alpina. Revista Brasileira de Zootecnia 6:1632-1641.

Dantas AF, Pereira Filho JM, Silva AMA, Santos EM, Sousa BB, Cézar MF (2008) Características da carcaça de ovinos santa Inês terminados em pastejo e submetidos a diferentes níveis de suplementação. Ciência e Agrotecnologia 32:1280-1286.

Dukes HH, Swenson HJ (1996) Fisiologia dos animais domésticos. 11 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan856 p.

Ferreira F, Campos WE, Carvalho AU, Pires MFA, Martinez ML, Silva MVGB, Verneque RS, Silva PF (2009) Parâmetros clínicos, hematológicos, bioquímicos e hormonais de bovinos submetidos ao estresse calórico. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia 61:769-776.

Glaser FD (2008) Aspectos comportamentais de bovinos das raças Angus, Caracu e Nelore a pasto frente à disponibilidade de recursos de sombra e água para imersão. Tese, Universidade de São Paulo.

Linhares ASF, Soares DL, Oliveira NC, Souza BB, Dantas, NLB (2015) Respostas fisiológicas e manejo adequado de ruminantes em ambientes quentes. Agropecuária Científica no Semiárido 11:27-33.

Mapa - Ministério Da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (2015) Caprinos e ovinos. Disponível: <http://www.agricultura.gov.br/animal/especies/caprinos-e-ovinos>. Acessado em 27 de Junho de 2015.

Muller PB (1989) Bioclimatologia aplicada aos animais domésticos. Porto Alegre: Sulina, 262p.

Nóbrega GH, Silva EMN, Souza BB, Mangueira JM (2011) A produção animal sob a influência do ambiente nas condições do semiárido nordestino. Revista verde de agroecologia e desenvolvimento sustentável 6:67-73.

Nogueira FRB, Simões, SVD (2009) Uma abordagem sistêmica para a agropecuária e a dinâmica evolutiva dos sistemas de produção no nordeste semiárido. Revista Caatinga 22:1-6.

Oliveira NG (1998) Adequação do conforto térmico das instalações destinadas à produção de leite na região de Itapetinga-BA: um estudo de caso. Monografia, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Panizza JCJ (1998) Efeitos do clima tropical sobre os bovinos. 1988, 32p. Monografia (especialização em produção de ruminantes), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Pereira GM, Souza BB, Roberto JVB, Azevedo CMB (2011) Avaliação do comportamento fisiológico de caprinos da raça Saanen no semiárido paraibano. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável l6:83-88.

Perissinotto M, Moura DJ, Cruz VF, Souza SRL, Lima KAO, Mendes AS (2009) Conforto térmico de bovinos leiteiros confinados em clima subtropical e mediterrâneo pela análise de parâmetros fisiológicos utilizando a teoria dos conjuntos fuzzy. Ciência Rural 39-1492-1498.

Raslan LSA (2008) Aspectos comportamentais e fisiológicos de ovino srd sob pastejo com e sem sombreamento. Dissertação, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Rocha RRC, Costa APR, Azevedo DMMR, Nascimento HTS, Cardoso FS, Muratori MCS, Lopes JB (2009) Adaptabilidade climática de caprinos Saanen e Azul no Meio-Norte do Brasil. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia 61:1165-1172.

Rodrigues AD, Silva IJO (2013) Inovações tecnológicas em ambiência para a produção de ovinos. Disponível em: http://www.milkpoint.com.br/radar-tecnico/ovinos-e-caprinos/inovacoes-tecnologicas-em-ambiencia-para-a-producao-de-ovinos-83117n.aspx. Acessado em 25 de Outubro de 2015.

Rodrigues AL, Souza BB, Pereira Filho JM (2010) Influência do sombreamento e dos sistemas de resfriamento no conforto térmico de vacas leiteiras. Agropecuária Científica no Semiárido 6:14-22.

Salles MGF (2010) Parâmetros fisiológicos e reprodutivos de Machos caprinos Saanen criados em clima tropical. Tese, Universidade Estadual do Ceará.

Santos FCB, Souza BB, Alfaro CEP, Pimenta Filho EC, Acosta AAA, Santos JRS (2005) Adaptabilidade de caprinos exóticos e naturalizados ao clima semiárido do Nordeste brasileiro. Ciência e Agrotecnologia 29:142-149.

Silva CMBA, Souza BB, Brandão PA, Marinho PVT, Benício TMA (2011) Efeito das condições climáticas do semiárido sobre o comportamento fisiológico de caprinos mestiços F1 Saanen x Boer. Revista Caatinga 24:195-199.

Silva EMN, Souza BB, Souza OB, Silva GA, Freitas MMS (2010) Avaliação da adaptabilidade de caprinos ao semiárido através de parâmetros fisiológicos e estruturas do tegumento. Revista Caatinga 23:142-148.

Souza BB, Souza EDD, Cezar MF, Souza WHD, Santos JRSD, Benicio TMAL (2008) Temperatura superficial e índice de tolerância ao calor de caprinos de diferentes grupos raciais no semiárido nordestino. Ciência e Agrotecnologia 32:275-280.

Souza ED, Souza BB, Souza WH, Cezar MF, Santos JRS, Tavares GP (2005) Determinação dos Parâmetros Fisiológicos e Gradiente Térmico de Diferentes Grupos Genéticos de Caprinos no Semiárido. Ciência e Agrotecnologia 29:177-184.

Titto CG (2006) Comportamento de touros da raça Simental a pasto com recursos de sombra e tolerância ao calor. Dissertação, Universidade de São Paulo.

Veríssimo CJ, Titto CG, Katiki LM, Bueno MS, Cunha EA, Mourão GB,Otsuk IP, Pereira AMF, Nogueira Filho JCM, Titto EAL (2009) Tolerância ao calor em ovelhas Santa Inês de pelagem clara e escura. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal 10:159-167.