Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação da Forca de Preensão Palmar em Atletas de Jiu-Jitsu de Nível Competitivo

DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v14n3p63-70 

http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/index 

downloadpdf

Márcio Oliveira1, Demóstenes Moreira2, José R. P. de Godoy3 & Adimir do N. Cambraia4

 

Resumo: Trata-se de um estudo de caráter analítico transversal, cujo objetivo foi avaliar a força de preensão palmar em atletas de jiu-jitsu de nível competitivo, no intuito de estabelecer uma escala de funcionalidade para esta população, visto que há um aumento crescente do número de praticantes. Os sujeitos da pesquisa foram 100 indivíduos do sexo masculino com idade compreendida entre 20 e 30 anos, dos quais 50 formaram o grupo de atletas (GA) e 50 o grupo controle (GC). O instrumento utilizado no estudo foi dinamômetro JAMAR. Com relação à média da força de preensão obtida nos grupos estudados, observou-se que houve predomínio significativo (p<0,05) no GA em relação ao GC apenas para a mão esquerda, e que no primeiro houve uma tendência ao aumento da força ao longo das medidas, enquanto que no segundo esta tendência se inverteu. Concluiu-se que atletas de jiu-jitsu não apresentam valores elevados de força de preensão palmar, sendo que a prática do esporte sugere que ocorrem alterações fisiológicas que se caracterizam pelo aumento da capacidade de resistência nesse movimento. Os resultados obtidos devem ser considerados como indicativo de força para a reabilitação da função manual do atleta de jiu-jitsu.

Palavras-chave: Jiu-jitsu, força de preensão palmar, avaliação, dinamômetro.

 

Abstract: It is a transversal and analytical study, whose objective was to evaluate the palmar grip strength in jiu-jitsu athletes in competitive level, with the purpose of establishing a functionality range for this population, considering that the number of athletes has been increasing. The subjects of the research were 100 individuals from the masculine gender divided in two groups (CG and GA) with age between 20 and 30 years. The group of athletes (GA) had 50 subjects and the control group (CG) had 50 subjects. The instrumental used in the study was the dynamometer JAMAR. Regarding the average of the prehension strength recorded in the study groups, there was a significant predominance (p<0,05) in the GA in comparison to the GC only for the left hand. In the first group, there was a trend of a increasing the strength as the measurement were taken, while in the second one, this trend was reverted. We concluded that jiu-jitsu athletes do not present high values of palmar grip strength, being that the jiu-jitsu practice suggests that occur physiological causes alterations characterized by the increase of the ability of resistance in the movement of prehension. The results obtained must be considered as an indication of strength for rehabilitating the manual function of the Jiu-Jitsu athlete.Keywords – Leadership, soccer, coaching.

Key words: Jiu-jitsu, palmar grip strength, evaluation, dynamometer.

 

1 Fisioterapeuta da Equipe de Jiu-Jitsu GRACIE BARRA BRASÍLIA e da Equipe Profissional de Voleibol Feminino BRASIL TELECOM, Professor de Anatomia Humana da Universidade Paulista – UNIP/DF.
2 Fisioterapeuta, Doutor em Ciências da Saúde, UNB, Professor da UCB/DF e UNIP/DF.
3 Mestre em Ciências da Saúde, UNB, Doutorando em Ciências da Saúde, UFRN, Professor de Anatomia e Neuroanatomia Humana da UNIEURO/DF.
4 Professor de Educação Física, Especialista em Fisiologia do Exercício.