Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação de Parâmetros Etológicos da Reprodução de Ovinos Deslanados Durante Estação de Monta no Nordeste Brasileiro

DOI: http://dx.doi.org/10.15528/2176-4158/rcpa.v13n1p18-22

http://www.ojs.ufpi.br/index.php/rcpa 

downloadpdf

Lucas S. Fonseca1, Larissa F. Costa1, Joaquim H. T. Sousa Junior1, José N. Rocha Junior1, Taciane A. Silva& Carla R. F. Gadelha2

 

Resumo: A Estação de Monta (EM) é uma importante ferramenta na produção animal, já que restringe, em determinado período do ano, o contato de fêmeas e machos aptos à reprodução, favorecendo o desenvolvimento social dos animais e desencadeando diversas reações fisiológicas como sincronização do estro nas fêmeas e a potencialização da libido nos machos. Diante do exposto, o objetivo neste trabalho foi avaliar os parâmetros etológicos da reprodução de ovinos deslanados durante estação de monta no nordeste brasileiro. Para tanto, foram avaliadas 58 fêmeas ovinas mestiças, primíparas e multíparas, perante um rufião mestiço (Santa Inês X Sem Padrão Racial Definido), vasectomizado com idade aproximada de três anos e seis meses, provido de colete com tinta para marcação na região peitoral. Posteriormente, as fêmeas foram avaliadas diante de um reprodutor Morada Nova puro por cruza de peso vivo 45,8 Kg de um ano de idade. O comportamento dos machos também foi estudado. Foi encontrada diferença significativa (p≤0,05) para o comportamento das ovelhas, perante o rufião, para variável Urinou na presença do macho (U) em relação aos períodos analisados. Observou-se também, nas fêmeas, uma maior freqüência das variáveis Cheirou o Macho (CM), Postura de Aceitação (PA) e Urinou na presença do macho (U) perante o reprodutor. As variáveis de maior proporção encontradas para rufião foram Cheirou Vulva (CV) e Aproximação Sem Interesse (ASI), respectivamente. Já para o reprodutor, as variáveis Aproximação Com Interesse de escore 3, 2 e 1 (ACI3, ACI2 e ACI1) foram elevadas. Conclui-se que a realização da estação de monta aliada aos conhecimentos dos parâmetros etológicos pode contribuir para uma maior eficiência reprodutiva dos rebanhos.

Palavras-chave: comportamento, etograma, morada nova, produção animal

 

Abstract: The Mount season is an important tool in animal reproduction, since it narrows in a determined period of the year, the contact between females and males which are able to reproduce, favoring the social development and triggering many physiological reactions, such as estrus synchronization in females and libido enhancement in males. Said that, This assay goal was to evaluate the reproductive ethologic in short haired ovines during mount season, in brazilian Northeast. For that, 58 half-breed ovine females either primiparous or multiparous were tested with a half- breed (Santa Inês x No racial pattern) vasectomyzed thug with approximately three years and a half, wearing a marker vest with paint in the chest. Later, the females were evaluated with a Morada Nova Ram pure by cross with a living weight of 45,8 kg and one year old. The males behavior was also studied. Significant difference was found (p≤0,05) to sheep behavior in the presence of the thug, to the urinating with male presence variable in relation to the analyzed periods. It was also observed, in the females showed a greater frequency in sniffing the male, acceptance stanceand urinated in male presence, while in front of the ram. The most seen variables found in the thug were sniffing the vulva and proximity without interest, respectively. Whereas in the ram, the three most noticeable variables were, proximity with interest at the scores of 3, 2, and 1. It can be concluded that the use of Mount Season added to the Ethological parameter can contribute to a greater efficiency in a flock.

Key words: behavior, ethogram, morada nova, animal production

 

1 Discentes do curso de Zootecnia, integrante ao Grupo de Estudo em Caprinos e Ovinos (GRECO) da Universidade Federal do Ceará (UFC). E-mail: lucas_fonseca3d@hotmail.com, larissa@zootecnista.com.br, haroldotorquato@zootecnista.com.br, junior.nery@hotmail.com, taciane@zootecnista.com.br.
2 Professora Adjunta de Higiene Animal, Etologia e Manejo de Animais Silvestre da Universidade Federal do Ceará – UFC. E-mail: crgadelha@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

COIMBRA FILHO, A. Técnicas de criação de ovinos. Porto Alegre: EMATER, 1985, 92p.

HAFEZ, B.; HAFEZ, E.S.E. Comportamento reprodutivo. In: Reprodução Animal 7ªed, Barueri: Manole, cap. 19, 293-300p. 2004

LOPES JÚNIOR, E.S. Manejo reprodutivo de ovinos e caprinos. Petrolina: UNIVASF, 9-18p.

RASLAN, L.S.A. Aspectos comportamentais e fisiológicos de ovino SRD sob pastejo com e sem sombreamento. 2008, 99f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2008.

REKWOT, P.I.; OGWU, D; OYEDIPE, E.O.; SEKONI, V.O. The role of pheromones and biostimulation in animal reproduction. Animal Reproduction Science. 65:157-170. 2001.