Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Icnofósseis Devonianos da Formação Pimenteira, Estado do Piauí, e suas Aplicações Paleoambientais e Paleogeográficas

 

https://www.ufpe.br/estudosgeologicos/ 

downloadpdf

Sonia Agostinho1, Zenilda V. Batista2, Cecília L. Barros2, Clarissa R. Gomes2 & Cristiano A. Santos3

 

Resumo: Este trabalho apresenta descrição, ilustração e classificação dos icnofósseis coletados num pequeno trecho do Rio Sambito, nas proximidades da localidade de Oiti, Município de Pimenteiras, Estado do Piauí, visando dar uma contribuição ao mapeamento icnológico e mesmo paleontológico no Brasil. Levando-se em conta as feições sedimentológicas das rochas nas quais estão inseridos esses icnofósseis, são feitas considerações acerca do ambiente deposicional, confrontando-se tais considerações com os tradicionais conhecimentos paleoecológicos sobre icnogêneros encontrados. As rochas na região investigada constituem uma sequência de quatro séries de arenitos finos a sílticos. Este conjunto está mapeado como de idade devoniana e integrante da Formação Pimenteira. Foram identificados os seguintes icnogêneros: Asteriacites, Bifungites, Diplichnites, Palaeophycus, Planolites e Scolicia. As atribuições icnospecíficas foram feitas a Asteriacites stelliformes, Bifungites piauiensis, Diplichnites ichnosp., Palaeophycus tubularis, Planolites beverleyensis e Scolicia ichnosp. Além da descrição de cada icnotáxon, são apresentadas outras informações sobre os mesmos, entre os quais, dados ambientais e distribuições geológicas conhecidas. A presença dominante dos icnogêneros associada às informações obtidas dos dados sedimentológicos constantes da seção estratigráfica levantada, permitem afirmar que a comunidade icnológica estudada corresponde a ambientes de águas plataformais rasas e de planícies de maré de energia baixa, sugerindo-se uma maior aproximação com a icnofácies Cruziana.

Palavras-chave: Icnofósseis, Formação Pimenteira, Piauí, Nordeste, Brasil

 

Abstract: This work is concerned with the description, illustrations and classification of ichnofossils collected in Sambito river, near to the village of Oiti, in the county of Pimenteiras, state of Piauí, aming to contribute to the ichnological and paleontological mapping in Brazil. Considering the sedimentological features of the rocks in which these ichnofossils are inserted, considerations are made about the depositional environment, confronting with traditional paleoecological knowledge about ichnogenera found. The main lithologic types of the studied area constitute a sequence of four layers composed by fine grained sandstone to siltic sandstone, Devonian in age, and identified as part of the Pimenteira Formation. The identified ichnofossils belong to the following genera: Asteriacites, Diplichnites, Palaeophycus, Planolites and Scolicia. Based on detailled study the following icnospecies were identified: Asteriacites stelliformes, Diplichnites ichnosp., Palaeophycus tubularis, Planolites beverleyensis and Scolicia ichnosp. Information related to the environmental and geological conditions are also given in association with the description of each ichnotaxon. The dominant presence of ichnogenera associated with information obtained through sedimentological study of the stratigraphic section in the area allow the conclusion that the icnological community studied corresponds to shallow platform and low energy tide plains environments, suggesting that the icnofossils in the area belong to the Cruziana ichnofacies.

Key words: Ichnofossils, Pimenteira Formation, Piauí, Northeast, Brazil

 

1 Departamento de Geologia (DGEO), Centro de Tecnologia e Geociências (CTG), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). sonia@ufpe.br
2 Programa de Pós-Graduação em Geociências (PPGEOC), Centro de Tecnologia e Geociências (CTG), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). zenilda.geo@gmail.com; cecilybarros@hotmail.com; clariquel@yahoo.com.br
3 Departamento de Geografia - Universidade Federal de Sergipe (UFS). aprigeo@gmail.com