Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação da Qualidade da Água em Três Escolas Públicas da Cidade de Macapá, Amapá

DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v5n1p116-122

http://periodicos.unifap.br/index.php/biota/index 

downloadpdf

Graciele de A. da Trindade1, Júlio C. S. Oliveira2 & Erineide S. e Silva1

 

Resumo: O estudo objetivou analisar a qualidade da água em três escolas públicas na cidade de Macapá-AP. As amostras foram coletadas em três pontos distintos (Caixa d'água, Torneira da Cozinha e Bebedouro) no período de janeiro de 2013. Os parâmetros analisado foram: turbidez, cor, pH, cloro, nitrato, coliformes totais e fecais. Os resultados obtidos revelaram que nem todas as amostras apresentavam-se de acordo com a legislação vigente da portaria 2914/11 do MS. A presença de coliformes totais e fecais foi detectada nos três pontos de coleta da escola Irineu da Gama Paes, assim como o pH, com os valores abaixo do recomendado pela portaria. O parâmetro turbidez nas amostras de água no ponto '1' e '3' da escola Barão do Rio Branco e os pontos '1', '2', e '3' da escola Azevedo Costa obtiveram valores acima do recomendado pelo Ministério da Saúde. A concentração do cloro foi baixa, na maioria dos pontos, apenas os pontos '2' e '3' da escola Azevedo atenderam os valores estabelecidos pela portaria. A concentração de ferro, no ponto '1' da escola Barão do Rio Branco e em todos os pontos da escola Azevedo Costa estava fora do padrão determinado pelo Ministério da Saúde. As concentrações da cor e nitrato atenderam o padrão em todos os pontos das escolas. Concluímos que a água das escolas não atendem os requesitos de potabilidade preconizados pelo Ministério da Saúde através da Portaria  nº2914/11 e portanto requerem ações urgentes de adequação da água ofertada às essas comunidades escolares para se evitar danos à saúde de seus usuários.

Palavras-chave: água potável, parâmetros de qualidade da água, escola.

 

Abstract: The study aimed to analyze the water quality in three public schools in the city of Macapa-AP. The samples were collected at three different points (Water tank, Faucet Kitchen and Trough) from January 2013. The analyzed parameters were: turbidity, color, pH, chlorine, nitrate, total and fecal coliforms. The results showed that not all the samples presented in accordance with current legislation of the ordinance 2914/11 MS. The presence of total and fecal coliforms were detected in the three collection points Irenaeus da Gama Paes school, as well as pH, with values l?ower than recommended by the concierge. The parameter turbidity in water samples in the point '1' and '3' to the Baron of Rio Branco school and the points '1', '2' and '3' Azevedo Costa school had values a?bove the recommended by the Ministry of Health . The concentration of chlorine was low in most points, only the points '2' and '3' Azevedo school met the values e?stablished by ordinance. The concentration of iron in point '1' the Baron of Rio Branco school and at all school Azevedo Costa points was out of certain standard by the Ministry of Health. The color concentrations and nitrate met the standard in all points of the schools . We conclude that the water of the schools do not meet the requisites for drinking water recommended by the Ministry of Health through Regulation nº2914 / 11 and therefore require urgent action to adapt the water supplied to these school communities to prevent damage to the health of its members.

Key words: drinking water, water quality parameters, school.

 

1 Bióloga pela Universidade Federal do Amapá. E-mail: gracieleabreu@gmail.com; erineidesilvasilva@hotmail.com
2 Doutor em Ecologia Aquática e Pesca (Universidade Federal do Pará), Professor Adjunto III da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), Departamento de Ciências Biológicas , Laboratório de Ictiologia e Limnologia, Núcleos de Estudos em Pesca e Aquicultura (NEPA). E-mail: juliosa@unifap.br

 

Literatura Citada

AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION - APHA. Standard methods for the examination of water and wastewater. 15th ed. 1134p. New York, 1998.

BAIRD, C. Química ambiental. 2 ed. 622p.Porto Alegre: Bookman. 2004.

BATALHA, B. H. L.; Água para Consumo Humano. 2008. Disponível em: <http://www.consultoriaambiental.com.br>. Acesso em: 24 de abril de 2012.

BATTALHA, B. L.; PARLATORE, A. C. Controle da qualidade da água para consumo humano: bases conceituais e operacionais. 198p. São Paulo: CETESB, 1993.

BOUCHARD, D. C.; WILLIAMS, M. D.; SURAMPALLI, R. Y., Nitrate contamination of ground water sources and potential health effects. Journal of the American Water Works Association, 84:85-90, 1992.

BRANCO, S. M. Água: origem, uso e preservação. Editora Moderna. São Paulo, 1993.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2914 de 12 de dezembro de 2011. Dispõe sobre os procedimentos e responsabilidades relativos ao controle e vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial (da) República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 2011. Disponível em: <http://www.comitepcj.sp.gov.br/download/Portaria_MS_291411.pdf> Acesso em: 21 de fevereiro de 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. competentes. Projeto VIGISUS II: Manual operativo. Brasilia, DF, 2004.

CASTANIA, J. Qualidade da água utilizada para consumo em escolas públicas municipais de o ensino infantil de Ribeirão Preto-SP. 2009. 146 p. Tese (Mestrado Enfermagem em saúde pública) - Escola de enfermagem de Ribeirão Preto/USP.

CAUBET, C. G. A Água, a lei, a política... E o meio ambiente. 306p. Curitiba: Juruá, 2004.

FUNASA, FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. Manual prático de análise de água, Brasília, 2004. 2ª ed. rev. -Brasília: Fundação Nacional de Saúde, 2006.146 p.

LECHEVALLIER, M. W.; WELCH, N. J.; SMITH, D. B. Full-scale studies of factors related to coliform regrowth in drinking water. Appl. Environm. Microbiol., v.62, n.7, p.2201-2211, 1996.

LEITE, M. O.; ANDRADE, N. J.; SOUZA, M. R.; FONSECA, L. M.; CERQUEIRA, M. M. O. P.; PENNA, C. F. A. M. Controle de qualidade da água em indústrias de alimentos. Leite & Derivados, v.69, p.38-45, 2003.

LIBANÊO, M. Fundamentos de Qualidade e Tratamento da Água. 2ed. 2008. Editora Átomo. 446p. ISBN: 9788576700838.

MELLO, F.A.F.; et al. Fertilidade do solo. São Paulo: editora Distribuidora. 1984.

OLIVEIRA, J. J. V.; VALLIO, M. I.; PEDRO, N. A. R.; ZENEBON, O. Estudo comparativo de métodos para a determinação de nitrato em águas naturais. Revista do Instituto Adolfo Lutz, v. 47, p.25-30, 1987.

PIVELI, R. P. Qualidade e Poluição das águas: Aspectos Físicos- Químicos. São Paulo/SP: CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São, 2000.

RENZETTI, S.; DUPONT, D.The performance of minicipal water utilities: evidence on the role ownership. Journal of Toxicology and Environmental Health, v. 1861, p. 20-22, 2004.

RICHTER, C. A.; AZEVEDO-NETO, J. M. Tratamento de água. São Paulo: Edgard Bluscher, 1991.

SALGADO, S. R. T. Estudos dos parâmetros do decaimento do cloro residual em sistema de distribuição de água tratada considerando vazamento. 2008. 145f. Dissertação (Mestrado em Hidráulico e Saneamento). Escola de Engenharia de São Carlos. Universidade de São Paulo. 2008.

SCURACCHIO, P. A. Qualidade da água utilizada para consumo em escolas no município de São Carlos – SP. 57f. Dissertação (Mestrado) apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição. Universidade Estadual Paulista. Araraquara, 2010.

TORRES, D. A. G. V. CHIEFFI P.P.; COSTA W. A.; KUDZIELICS E. Giardíase em creches mantidas pela prefeitura do município de São Paulo, 1982/1983. Revista do Instituto de Medicina Tropical, v.33, p. 137- 141, 2000.

UNIVERSIDADE DA ÁGUA – UNIÁGUA. Água no Planeta. Disponível em: <http://www.uniagua.org.br/aguanoplaneta.htm>. Acesso em: 05 de maio de 2008.

ZIESE, T., ANDERSON, Y., JONG, B., LOFDHAL, S., RAMBERG M. Surto de Escherichia coli O157 na Suécia. Relatório de investigação de surtos.v.1, n.1, 1996. 10p.