Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Aptidão Agrícola das Terras Aplicadas em Pequenos Estabelecimentos Rurais do Sudoeste Amazônico

DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v4n3p25-30

http://periodicos.unifap.br/index.php/biota/index 

downloadpdf

Paulo G. S. Wadt1, Celiana B. da C. de Souza2, Lúcia H. C. dos Anjos3, Marcos G. Pereira4 & Lucielio M. da Silva5

 

Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a performance de algoritmos de avaliação da aptidão agrícola das terras em função de novos critérios para o nível tecnológico. Foram amostradas aleatoriamente setenta e nove unidades de uso da terra, distribuídas em três regiões da Amazônia sul ocidental, em quinze propriedades rurais. Em cada unidade de uso da terra tomadas amostras de solo, à profundidade de 0 a 25 cm, 25 a 60 cm e de 60 a 100 cm, as quais foram depois, enviadas a laboratório para determinação dos teores de cálcio, magnésio e alumínio trocável, acidez potencial, teor de argila, areia e silte total, densidade das partículas e carbono orgânico e o teor de fósforo remanescente. Em cada unidade, foram também feitas observações quanto aos seguintes indicadores: rochosidade, pedregosidade, presença de mosqueados ou coloração variegada e sinais de restrição à drenagem, anotando-se ainda, a declividade do terreno, sua posição na paisagem e a precipitação média anual da região. Estes indicadores foram interpretados pelo algoritmo desenvolvido para a interpretação da aptidão agrícola das terras em nível de estabelecimento rural. O sistema especialista identificou variações no potencial da terra não detectáveis em estudos baseados em levantamento pedológicos realizados em escalas de 1:100.000 e inferiores, indicando que a conceituação para nível tecnológico permitiu avaliar diferenças na aptidão agrícola das terras adequadamente, mesmo para sistemas de usos não agrícola.

Palavras-chave: uso da terra, ordenamento territorial, avaliação ambiental

 

Abstract: The objective of this study was to evaluate algorithm for capability land use according to the new criteria for technological level. Seventy-nine units of land use have been randomly samples, distributed in three regions of southwestern Amazon, in fifteen farms. In each unit of land use soil samples taken in depth 0-25 cm, 25-60 cm and 60- 100 cm, and then, sent to the laboratory to determine the levels of calcium, magnesium and aluminum, potential acidity, clay, sand and silt total, particles density and organic carbon and the remaining phosphorus value. Observations on the rockiness, stoniness, presence of variegated coloration and restricted drainage indicators, slope and position landscape position and annual rainfall average in the region where annotated. These indicators were interpreted by algorithm for the interpretation of land use capacity at the farm level. The algorithms detected variations in agricultural potential, not detectable in studies based on soil survey conducted at scales lower that 1:100,000. Indicating that the technological level conceptualization allowed evaluating differences in agricultural land suitability rightly, even for non-agricultural uses systems.

Key words: land use, territorial planning, environmental evaluation.

 

1 Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas (Universidade Federal de Viçosa). Embrapa Acre. Rodovia BR 364, km 14. Caixa Postal 321. CEP 69908-970, Rio Branco, AC. Email: paulogswadt@dris.com.br
2 Mestrado em Produção Vegetal (Universidade Federal do Acre). IDAF. Rua Rego Barros, 168. CEP 69980-000, Cruzeiro do Sul, AC. E-mail: celianasouza@hotmail.com
3 Doutorado em Agronomia (Soil Science - Purdue University). Departamento de Solos. BR465 km 7, CEP 23890-000, Seropedica, RJ. E-mail: lanjos@ufrrj.br
4 Doutorado em Agronomia (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). Departamento de Solos. BR465 km 7, CEP 23890-000, Seropedica, RJ. E-mail: lanjos@ufrrj.br
5 Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz). Embrapa Acre. Rodovia BR 364, km 14. Caixa Postal 321. CEP 69908- 970, Rio Branco, AC. E-mail: lucielio.silva@embrapa.br

 

Literatura Citada

ACRE. Governo do Estado do Acre. Zoneamento ecológico-econômico: Recursos Naturais e Meio Ambiente. v.1. Rio Branco: SECTMA, 2000. 116p.

AMARAL, E.F. do; MELO, A.W.F. de; ANDRADE, E. P. de; FRANKE, I. L.; LUNZ, A. M. P.; ARAÚJO, E. A. Metodologia simplificada de zoneamento agroflorestal. Rio Branco: Embrapa Acre, 2000b. 19p. (Circular técnica 35).

AMARAL, E.F.; MELO, A.W.F. de; OLIVEIRA, T.K. Levantamento de reconhecimento de baixa intensidade dos solos da região de inserção do projeto RECA, estados de Rondônia, Acre e Amazonas. Embrapa Acre, Rio Branco. 2000. 39p. (Boletim de Pesquisa, 27)

ARAÚJO, E. A. de; AMARAL, E.F.; WADT, P. G. S.; LANI, J.L. Aspectos gerais dos solos do Acre com ênfase no manejo sustentável. In: Paulo Guilherme Salvador Wadt. (Org.). Manejo do Solo e Recomendação de Adubação para o Estado do Acre. 1 ed. Rio Branco: Embrapa Acre, 2005, v. 1, p. 27-62.

CLAASSEN, R.; CATTANEOB, A.; JOHANSSON, R. Cost-effective design of agri-environmental payment programs: U.S. experience in theory and practice. Ecological Economics, v. 65, p. 737–752. 2008

DELARMELINDA, E. A. Aplicação de sistemas de avaliação da aptidão agrícola em solos do Estado do Acre. Rio Branco, Acre: Dissertação (Produção Vegetal). Universidade Federal do Acre, 2011. 142p.

DOBBS, T. L.; PRETTY, J. Case study of agri-environmental payments: The United Kingdom. Ecological Economics, v. 65, p. 765-775. 2008.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solo. 2. ed. rev. atual. Rio de Janeiro, 1997. 212 p. (EMBRAPACNPS. Documentos, 1).

LEPSCH, I.F. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. Campinas: SBCS, 1991. 175p.

LIRA, E. M. de; WADT, P. G. S.; GALVÃO, A. de S.; RODRIGUES, G. S. Avaliação da capacidade de uso da terra e dos impactos ambientais em áreas de assentamento na Amazônia ocidental. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v. 6, p. 316-326, 2006.

MACAULAY LAND USE RESEARCH INSTITUTE. Exploring Scotland. Land Capability for Agriculture. Disponível em http://www.macaulay.ac.uk/explorescotland/lca.html. Acessado em Março, 27, 2013.

MANITOBA AGRICULTURE, FOOD AND RURAL INITIATIVES. Soil Survey: The Soil Landscapes of Manitoba. Disponível em http://www.gov.mb.ca/agriculture/soilwater/soilsurvey/index.html. Acessado em Abril, 16, 2013.

NÓBREGA, M. de S.; WADT, P. G. S.; ANJOS, L. H. C.; PEREIRA, M. G. Indicadores de capacidade de uso da terra para escala de propriedade rural: deficiência de fertilidade do solo. Biota Amazônica, v. 2, p. 1-7, 2012.

PEREIRA, L.C.; LOMBARDI NETO, F. Avaliação da aptidão agrícola das terras: proposta metodológica. Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2004. 36 p. (Documentos, 43).

RAMALHO FILHO, A.; BEEK, K.J. Sistema de avaliação da aptidão agrícola das terras. 3.ed. Rio de Janeiro, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, 1995. 65p.

SCHAEFER, C.E.G.R. Clima e Paleoclima do Acre: Memórias e Cenários da Aridez Quaternária na Amazônia e Implicações Pedológicas. In: ANJOS, L. H. C.; SILVA, L. M.; WADT, P. G. S.; LUMBRERAS, J. F.; PEREIRA, M. G. Guia de Campo da IX Reunião Brasileira de Classificação e Correlação de Solos. 1. ed. Rio Branco: Embrapa / SBCS, 2013. p. 59-80.

SPSS. Statistical Package for Social Sciences for Windows®. SPSS Graduate Pack. Version 15.0 SPSS Inc., Chicago, IL, USA, 2006.

U.S. Department of Agriculture, Natural Resources Conservation Service. National soil survey handbook, title 430-VI. Disponível em http://soils.usda.gov/technical/handbook/. Acessado em Março, 23, 2013.

WADT, P.G.S. Payments for Farm Environmental Services. 1. ed. Plant City: CPS, 2013. 105p.

WADT, P.G.S.; OLIVEIRA, L.C.; OLIVEIRA, T.K.; CAVALCANTE, L.M. Sistema de aptidão das terras para recuperação ambiental: uma metodologia de planejamento ambiental. Rio Branco, AC: Embrapa Acre, 2004.36p. (Embrapa Acre. Documentos, 87).