Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Características Termorreguladoras de Bovinos Mestiços Holandês x Gir no Sul do Estado do Piauí

DOI: http://dx.doi.org/10.14269/2318-1265/jabb.v3n3p97-100

http://www.jabbnet.com/ 

downloadpdf

Ângela L. da Silva1, Laylson da S. Borges1, Valquiria A. de Sousa1, Cicero P. Barros Júnior1,Tiago V. de Andrade1, Paulo H. A. A. de Sousa1, Edna T. dos Santos1, Leonardo A. Farias1 & Severino C. de Sousa Júnior1

 

Resumo: O objetivo deste trabalho é avaliar as características termorreguladoras de bovinos mestiços Holandês x Gir sob influência climática durante os turnos manhã e tarde do período chuvoso do ano, no sul do estado do Piauí. Este trabalho foi conduzido na fazenda experimental da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Professora Cinobelina Elvas (CPCE), localizado na cidade de Bom Jesus, estado do Piauí. Foram utilizadas dez vacas em lactação e mensuradas as frequências respiratória e cardíaca, temperatura retal e a taxa de sudação. A análise física do ambiente térmico da instalação foi adquirida na estação meteorológica do campus da UFPI, que registrou a temperatura e umidade do ar. O índice de temperatura de globo e umidade (ITGU) foi obtido através de um termômetro inserido em um globo negro. Houve diferença significativa (P<0,05) para todas as variáveis meteorológicas, destacando-se a temperatura do ar, que teve um maior valor no turno da tarde (30,41 °C). Para as variáveis fisiológicas foi observado efeito significativo (P<0,05) para a frequência respiratória e a taxa de sudação nas quais valores maiores destas variáveis foram mensurados no turno da tarde, sendo 51,59 mov./min. e 104,69 g/m/h respectivamente, provavelmente por este turno ter apresentado maiores valores de temperatura do ar. Os animais apresentaram certo nível de desconforto térmico, principalmente no turno da tarde.

Palavras-chave: desconforto térmico, taxa de sudação, temperatura retal

 

Abstract: In this work we aimed to evaluate the thermoregulatory traits of crossbred cattle Holstein x Gir under climatic influence during the morning and afternoon shifts of the raining season of the year, in southern of Piaui state. This study was carried out at the experimental farm of the Federal University of Piaui (UFPI), Campus Professora Cinobelina Elvas (CPCE), situated in Bom Jesus city, in Piaui state. Ten cows in lactation were used and respiratory and cardiac frequencies, rectal temperature and sweating rate were measured. The physical analysis of the thermal environment of the install was acquired in the weather station of the UFPI’s campus, which registered the temperature and air relative humidity. The wet bulb globe temperature index (WBGTI) was obtained by a thermometer inserted into a black globe. There was significant difference (P<0.05) for all the weather variables, highlighting the air temperature, which had higher value in the afternoon shift (30.41 °C). A significant effect (P<0.05) was observed for the physiological variables respiratory rate and sweating rate, in which higher values were measured during the afternoon shift, being respectively 51.59 mov./min. and 104.69 g/m/h, probably because this shift showed the highest values for air temperature. The animals evaluated in this study showed a certain level of thermal discomfort, mainly in the afternoon shift.

Key Words: thermal discomfort, sweating rate, rectal temperature

 

1 Universidade Federal do Piauí (UFPI), PI, Brasil. Email: laylson_borges@hotmail.com

 

Literatura Citada

Luz CSM, Barros Júnior CP, Fonseca WJL, Pessoa Filho JA, Veiga MCS, Sousa GGT, Sousa Júnior SC, Santos KR (2013) Estudo sobre correlações entre variáveis ambientais e mecanismos de termolise de calor de ovinos no Sul do Estado do Piaui. Pubvet 7:1525.

Morais DAEF, Maia ASC, Silva RG, Vasconcelos AM, Lima PO, Guilhermino MM (2008) Variação anual de hormônios tireoideanos e características termorreguladoras de vacas leiteiras em ambiente quente. Revista Brasileira de Zootecnia 37:538-545.

McManus CGR, Paludo H, Louvandini JAS, Garcia AA (2005) Heat tolerance in naturalised cattle in Brazil: physical factors. Archivos de Zootecnia 54:453-458.

Pires MFA (2006) Modificações ambientais para reduzir o estresse calórico em gado de leite. Comunicado técnico 52, Juiz de Fora, MG.

Rodrigues AL, Souza BB, Pereira Filho JM (2010) Influência do sombreamento e dos sistemas de resfriamento no conforto térmico de vacas leiteiras. Agropecuária científica no semi-árido 06:14-22.

SAS Institute, SAS (Statistical Analysis System). User’s Guide. Cary, NC: SAS Institute Inc., 2003. 129p.

Schleger AV, Turner HG (1965) Sweating rates of cattle in the field and their reaction to diurnal and seasonal changes. Australian Journal Agricultural Research 16:92-106.

Silva RG (2000) Introdução à Bioclimatologia Animal. São Paulo: Nobel, 286p.

Sousa Júnior SC, Morais DEF, Vasconcelos AM, Nery KM, Morais JHG, Guilhermino MM (2008) Características Termorreguladoras de Caprinos, Ovinos e Bovinos em Diferentes Épocas do Ano em Região Semiárida. Revista Científica de Produção Animal 10:127-137.

West JW (2002) Physiological effects of heat stress on production and reproduction. In: Tri-state dairy nutrition conference, Proceedings.Fort Wayne: Eastridge, M.D, p.1-9.